odezhda dlya sobak mylovelypet.ru magazin odezhdy dlya sobak, kupit osheynik anti lay mozhno tut - osheynik-anti-lay

Tag Archive | "sustentabilidade"

Um espaço de purificação de ar para os hotéis lidarem com poluição (com FOTOS)


O Studio Twist, um atelier de arquitectura de Xangai, criou uma solução verde, direccionada para as unidades hoteleiras, para lidar com os níveis crescentes de poluição da China. O conceito do Green Air Hotel, baseado em investigação científica da NASA, consiste na renovação dos espaços comuns de hotéis já existentes e a incorporação de pequenos espaços verdes no interior.

Estes espaços verdes funcionam como purificadores naturais do ar, aprisionando as toxinas e produzindo ar puro. Assim, através de um conceito sustentável e de baixo impacto é possível rejuvenescer diferentes espaços dos hotéis e purificar o ar fortemente poluído das principais cidades chinesas.

O conceito do Green Air Hotel foi apresentado na Hospitality Design Expo, que decorreu em Maio deste ano em Las Vegas, e arrecadou o prémio de Radical Innovation Award, atribuído pelo público, refere o Studio Twist em comunicado enviado ao Green Savers.

Publicado em EdifíciosComments (0)

Leonardo DiCaprio doa €5,1 milhões para projectos de conservação marinha


Leonardo DiCaprio não é apenas um grande actor, mas também um activista ambiental. Há vários anos que está envolvido em causas ambientais, que faz doações e alerta para a necessidade de preservação do ambiente. Agora, DiCaprio voltou a fazer mais uma doação, desta feita em prol da conservação marinha e num dos maiores valores alguma vez doados pelo actor – cerca de €5,1 milhões.

O valor vai ser entregue a projectos de conservação marinha através da fundação do actor e ao longo dos próximos dois anos, refere o Tree Hugger. Em Fevereiro deste ano, o actor havia já doado €2,2 milhões para a Oceana, uma organização internacional de conservação marinha. Também já este ano DiCaprio doou dinheiro para a conservação do elefante africano e para outras causas ambientais.

Leonado DiCaprio é uma das celebridades internacionais que mais contribui para as causas ambientais e sustentáveis e mais de €7 milhões é um valor considerável, mesmo para uma grande celebridade. O anúncio da doação foi feito durante a mesma conferência onde o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, revelou que vai ser criado o maior santuário marinho do mundo.

 

Publicado em AmbienteComments (0)

GPA Portugal promove debate sobre reabilitação urbana e mobilidade eléctrica


“Cidades para as Pessoas” é o tema da terceira conferência do Green Project Awards (GPA)  que terá lugar a 15 de Julho, pelas 09h00, na Culturgest, em Lisboa, e que será presidida pelo secretário de Estado do Ordenamento do Território e Conservação da Natureza, Miguel Castro Neto.

A conferência irá abordar três temas – Mobilidade Eléctrica, Reabilitação Urbana e Índice de Sustentabilidade das Cidades Eco-village Comunity -, visando promover o debate sobre a gestão sustentável das cidades portuguesas e discutir as vantagens ambientais, económicas e empresariais da aposta na mobilidade eléctrica.

A Conferência “Cidades para as Pessoas” conta com o patrocínio da Renault e o apoio da ADENE, Brisa e Sociedade Ponto Verde.

Presente em Portugal, Brasil e Cabo Verde, o GPA, uma iniciativa da GCI, da Associação Portuguesa do Ambiente e da Quercus, já distinguiu, ao longo das suas seis edições, mais de 60 projectos em Portugal, num total de 1000 candidaturas.

Consulte o programa da próxima conferência do GPA abaixo e faça a sua inscrição aqui.

 

09h15 – Miguel Castro Neto | Secretário de Estado do Ordenamento do Território e Conservação da Natureza

09h30 - Reabilitação Urbana

Apresentação de resultados Confidencial Imobiliário | Ricardo Guimarães

09h40 – Debate

Moderador: Vítor Norinha | Jornal Oje

Pedro Rutkowski | Worx

Reis Campos | Associação dos Industriais da Construção Civil e Obras Públicas

Salvador Malheiro Ferreira da Silva | Câmara Municipal de Ovar

Isabel Santos | Ecochoice

Rui Fragoso | ADENE

11h00 – Coffee Break

11h15 – Mobilidade Sustentável: os desafios de uma abordagem integrada – Franco Caruso | Brisa

11h30 – Mobilidade Eléctrica

Debate

Moderador: Robert Stussi | Consultor em mobilidade

Jorge Vasconcelos | Associação Portuguesa do Veículo Eléctrico

Mário Alves | Consultor em mobilidade

Paulo Rodrigues | Abimota

João Dias | EMEL

Xavier Martinet | Renault Portugal

Luís Paulo | CTT

13h00 Eco-village Community – Rui Vasques

Publicado em Cidades, Eventos, Portugal, Reabilitação Urbana, Veículos EléctricosComments (0)

Science4you desafia estudantes universitários a desenvolverem protótipos de brinquedos educativos


A Science4you, empresa portuguesa que se dedica à produção, desenvolvimento e comercialização de brinquedos educativos, em parceria com a Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa, acaba de lançar um concurso destinada ao público universitário designado “Tu Ensinas!”, através do qual desafia os alunos deste nível de ensino a realizar protótipos de brinquedos relacionados com o desenvolvimento sustentável.

A iniciativa “Tu Ensinas!” insere-se no projecto Projeto Europa Sustentável , uma iniciativa da Comissão Europeia, promovida pelo Centro de Informação Europeia Jacques Delors, no âmbito da Parceria de Gestão estabelecida entre o Governo português e a Comissão Europeia.

“O concurso destina-se a estudantes de ensino superior de todo o país, de todas as áreas de ensino, que estejam a frequentar qualquer ano académico. Cada equipa deverá ser constituída três elementos”, explica a Science4you em comunicado.

Os estudantes universitários deverão desenvolver um protótipo de um brinquedo educativo que, para além de inovador, deverá integrar o tema do desenvolvimento sustentável.

A inscrição da equipa poderá ser feita aqui. Já os protótipos poderão submetidos à Science4you até 31 de Agosto. Os cinco melhores trabalhos ficaram habilitados a participar numa Final Nacional, que irá decorrer em Setembro, na Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa.

Os elementos da equipa vencedora receberão um InterRail pela Europa com a duração de 15 dias.

Publicado em Educação AmbientalComments (0)

Olivier Establet, Chronopost: “A recolha de CD e DVD é uma iniciativa inovadora em Portugal e outros países europeus”


É uma das mais interessantes iniciativas do ano e coloca a Chronopost, definitivamente, no topo das empresas que realmente valorizam a inovação sustentável. A empresa colocou no terreno um mega-projecto de recolha de CD e DVD, que utiliza uma rede de 420 lojas já utilizadas pela Chronopost no seu dia-a-dia, e cujas receitas reverterão inteiramente para a plantação de árvores em Portugal.

Em entrevista exclusiva ao Green Savers, Olivier Establet, administrador-delegado da Chronopost em Portugal, explicou todo o projecto, a motivação da Chronopost para a sustentabilidade e o papel dos outros parceiros do projecto.

Como surgiu a hipótese de lançar esta campanha? De quem partiu a ideia?

O EcoPick é uma iniciativa da Chronopost, em parceria com a Quercus e com o apoio da secretaria de Estado do Ambiente. O desenvolvimento sustentável e a preocupação com o ambiente é um factor crítico na cultura da Chronopost Portugal, que se compromete a melhorar de forma contínua o seu desempenho ambiental através de uma utilização eficiente dos recursos e minimizando os impactos ambientais. Foi assim que nasceu a ideia de desenvolver este projeto, através do qual a Chronopost pretende prestar um contributo social e ambiental, suportando a reciclagem de um material ainda sem solução em Portugal, os CD e DVD, e que até à data eram encaminhados para aterro.

A quem vão vender este resíduo e quanto esperam receber?

Os materiais que forem recolhidos serão vendidos à Copolymer. As receitas geradas com a reciclagem dos CD e DVD usados reverterão na totalidade para a plantação de árvores em território nacional, através da Fundação Floresta Unida.

Quantos CD e DVD esperam recolher? Até quando decorre a campanha?

Face à crescente evolução tecnológica e ao previsível desaparecimento dos suportes de armazenamento de informação descartáveis, a principal preocupação das entidades envolvidas no projeto é recolher o histórico acumulado destes resíduos e promover o seu correto encaminhamento, evitando a deposição em aterro. A campanha vai funcionar por seis meses, sendo que a mesma poderá ser dilatada em função das necessidades que se vierem a verificar.

Já sabem onde serão plantadas as árvores?

Ainda não. Este processo vai ser gerido em conjunto com a Floresta Unida, em função das áreas que mais necessitem de intervenção no território nacional.

Onde podemos saber em que local estão situados os 420 pontos da rede Pick Me?

Inicialmente, a campanha vai arrancar na rede Pick Me. Todos os interessados em entregar os seus CD e DVD poderão consultar o local mais próximo da sua casa ou local de trabalho no nosso site http://www.chronopost.pt/pick-me. Esta rede é constituída por mais de 420 lojas, nomeadamente em centros comerciais, na sua maioria a funcionar em horários alargados e sete dias por semana. Assim, qualquer pessoa poderá aproveitar a sua deslocação a uma papelaria ou lavandaria, entre outras lojas da rede, para deixar este material no recipiente que foi criado especificamente para o efeito. No caso dos utilizadores que possuam grandes quantidades destes resíduos, poderão entregá-los diretamente na sede da Chronopost em Lisboa.

Quanto vai investir a Chronopost neste projecto?

Estes materiais serão recolhidos pelas equipas que constituem os nossos circuitos de distribuição, sendo trazidos para as nossas instalações e, posteriormente, encaminhado para a entidade recicladora. O investimento foi sobretudo na produção dos recipientes para estarem nas lojas que fazem parte da rede. O destino final para efeitos de valorização será assegurado por operadores de gestão de resíduos devidamente licenciados.

Que outros projectos ligados à sustentabilidade tem desenvolvido a Chronopost e que outros tenciona lançar a curto ou médio prazo?

Esta iniciativa veio juntar-se a outras que a empresa já desenvolveu como a utilização de veículos exclusivamente elétricos, como o ChronoCity – um pequeno veículo para entregas nos centros urbanos -, ou ainda o curso de eco-condução que é ministrado a todos os nossos operadores de distribuição – e que tem apresentado óptimos resultados na redução dos consumos de combustível.

Quanto investe a Chronopost, por ano, nas estratégias de sustentabilidade?

O nosso investimento tem sido sobretudo para permitir a adopção de estratégias e medidas que visam a redução da pegada de carbono, de que são exemplos as facturas eletrónicas – presente em mais de 70% dos nossos clientes -, a utilização de tecnologia de iluminação LED nas instalações, que já possibilitou uma poupança de energia de 60%, a aquisição de viaturas eléctricas ou a utilização de car-ship nas viaturas da frota.

A campanha vai ter outros parceiros, como a Amb3E, APED, Ecopilhas ou Sociedade Ponto Verde. Por que razão “chamaram” ao projecto estas entidades e qual o papel de cada uma?

São entidades que estão envolvidas na recolha de outros resíduos e daí a sua ligação ao projecto. Estes parceiros vêm, sobretudo, pela ligação que têm à Agência Portuguesa do Ambiente e que não quiseram, eles mesmos, dissociar-se da iniciativa.

Conhecem algum país que já tenha desenvolvido um projecto semelhante de recolha de CD ou DVD, ou esta é uma inovação portuguesa?

Tanto quanto sabemos esta é uma iniciativa sem par em Portugal e, inclusivamente, em vários países europeus.

©Patrice Maurein0583

Foto: Patrice Maurein

Publicado em ProtagonistasComments (0)

Cidade +: o evento que junta cidadania, ambiente e sustentabilidade no Porto


Entre 7 e 13 de Julho a cidade do Porto vai ser palco do CIDADE+, um evento que pretende “celebrar a cidadania, o ambiente e a sustentabilidade em contexto urbano”. O evento está dividido em duas partes, sendo que a primeira, o Warm Up, decorre entre 7 e 9 de Julho, em vários locais icónicos da cidade.

O objectivo desta primeira fase do evento é reanimar e divulgar estes espaços citadinos e promover projectos e iniciativas sustentáveis que existem na cidade. A segunda parte do CIDADE+ decorre em exclusivo no Palácio de Cristal e concentra um conjunto amplo de actividades entre os dias 10 e 13 de Julho.

De entre as várias actividades programadas existem conferências, oficinas, sessões de trabalho, aulas abertas, espectáculos, praça empresarial e networking. Todas as actividades são de entrada gratuita. O CIDADE+ é organizado numa parceria entre a Câmara Municipal do Porto, Porto Lazer, Porto de Raiz e Bio Ruma.

Foto:  dabrantes / Creative Commons

Publicado em Cidadania, Cultura, EventosComments (0)

Recomendações

Blogroll