Da condução aos restos de comida, siga estas dicas para se tornar mais amigo do ambiente

A poluição e as alterações climáticas têm vindo a chamar cada vez mais a atenção do público para a importância de cuidar do ambiente. É necessário tomar medidas e reforçar ideias que podem contribuir para uma melhoria do planeta Terra.

Destacamos dez medidas que podem fazer toda a diferença.

1. Aproveite os restos
Encontre maneiras de utilizar os restos de comida que sobram das suas refeições, criando novas ou tornando-os em acompanhamentos.

2. Recicle
Além de fazer a reciclagem nos diferentes contentores do lixo, opte por produtos mais amigos do ambiente e que tragam menos plástico para casa. Um exemplo é a troca de embalagens de champô e gel de banho por barras (género de sabão), além de ser mais económico, são práticas e de maior duração.

3. Compre roupa em lojas físicas e sozinho(a)

Quando se compra roupa online, além de contribuir para uma significativa pegada de carbono, por norma a encomenda chega envolvida em plástico. Existe também maior tendência para não gostar ou não acertar no tamanho.
Além disso, se for sozinho(a) às compras é mais provável que não ceda à pressão de comprar tudo o que gosta.

4. Defina uma barreira
Embora seja difícil não comprar roupa nova durante anos, experimente definir quantas peças ou acessórios deve comprar a cada mês. Repense se lhes vai mesmo dar uso, pois o maior problema está em casa quando lavamos e secamos cada peça de roupa.

5. Opte por eletrodomésticos mais ecológicos
Na compra de novos eletrodomésticos tenham em atenção ao consumo de energia. Ainda assim, não se esqueça que o uso que lhes dá e a quantidade de energia que gasta em casa também são fatores a ter em conta.

6. Pratique uma condução mais ecológica
Claro que em primeiro opção está a possibilidade de ir para o trabalho de transportes públicos ou até de bicicleta. Se puder ter um carro elétrico, melhor ainda. Caso a única opção seja um carro a combustível, faça uma viagem mais segura. Preocupe-se com a manutenção regular do veículo, verifique a pressão dos pneus (os pneus com pouca pressão podem causar um aumento de 2% no consumo de combustível), utilize menos o ar condicionado, e desligue os motores por esperas de mais de um minuto (5-8% do combustível é consumido durante a marcha lenta).

7. Eficiência energética
Se possível opte por energias renováveis em casa, além de utilizar a energia de forma mais racional terá um gasto muito menor. A instalação de painéis solares é um bom exemplo.

8. Use os seus próprios sacos
Quando fizer  compras no supermercado, opte por levar sempre um saco de casa. Escolha vegetais e frutas não embalados, e tenha preferência pelos produtos nacionais.

9. Compre pouco e com mais frequência
Quando se vai ao supermercado poucas vezes, mas fazer grandes compras para o mês, a tendência é comprar mais do que é realmente necessário e querer aproveitar todas as promoções que oferecem. Decida o que vai cozinhar previamente e tenha em mente uma lista do que vai precisar nos próximos dias, opte por comprar com mais frequência e em menos quantidade.

10. Escolha o comércio local
Quanto menor a cadeia alimentar, menor o desperdício criado antes de chegar à sua cozinha. De igual forma, melhor será o valor nutricional de frutas e vegetais que chegam ao seu prato.

Notícias relacionadas
Comentários
Loading...