12 Marcas de café com parceria inédita para reciclagem de cápsulas usadas



Numa iniciativa inédita, 12 marcas de café – Bellissimo®, Bogani®, Buondi Caffè®, DeltaQ®, Nescafé Dolce Gusto®, Nespresso®, Nicola®, Segafredo®, Sical®, Starbucks®, Torrié® e UCC® – sob a égide da Associação Industrial e Comercial do Café (AICC), juntaram-se para um projeto de Reciclagem de Cápsulas de Café.

A primeira iniciativa arranca hoje, com a Cascais Ambiente, através da disponibilização de mais um fluxo na rede de Ecocentros do Município, para a reciclagem de cápsulas de café usadas, com o objetivo de lhes dar uma nova vida, independentemente das marcas e dos materiais que as compõem.

Para Cláudia Pimentel, Secretária Geral da AICC, citada em comunicado, “esta é uma iniciativa pioneira de parceria entre a Câmara Municipal de Cascais e várias marcas de café, que nos deixa bastante honrados. O compromisso com o meio ambiente, com a sustentabilidade e a economia circular, fez estas 12 marcas de café unirem-se na criação de um sistema comum para a reciclagem de cápsulas de café. Cascais é, a partir de hoje, o primeiro Município a implementar este sistema em parceria com a Cascais Ambiente, o que nos deixa bastante orgulhosos e com esperança de, no futuro, caminharmos para a recolha e reciclagem de cápsulas usadas a nível nacional, pretendendo alargar este projeto a outros municípios”.

“Em Cascais, trabalhamos todos os dias para criar soluções que não sejam mais caras para os munícipes e permitam o aumento da circularidade dos materiais. Ao recolhermos as cápsulas de café nos oito ecocentros existentes, aumentamos de 12 para 13 fluxos recolhidos, otimizando a capacidade de recolha da Rede de Ecocentros,” refere Luís Almeida Capão, Presidente do Conselho de Administração da Cascais Ambiente. “A co-coleção de resíduos seletivos é uma aposta do concelho de Cascais. Este projeto aumenta a eficiência da nossa operação”.

Ao todo são oito Ecocentros fixos e móveis que existem espalhados pelo Município e que agora passam a recolher também cápsulas de café usadas. Qualquer pessoa pode depositar as suas cápsulas usadas, independentemente das marcas ou dos materiais de que sejam feitas (plástico ou alumínio e borra de café) para que sejam totalmente recicladas. Todos os locais da rede de Ecocentros podem ser consultados aqui  .As cápsulas recolhidas nos Ecocentros são entregues e armazenadas na Tratolixo.

No reciclador, as cápsulas são tratadas permitindo separar os distintos materiais e terem uma segunda vida. As borras de café convertem-se em composto orgânico para uso agrícola e outros produtos que promovem a circularidade; o alumínio coletado, uma vez que é infinitamente reciclável, pode ser transformado em novos objetos do quotidiano (esferográficas, lapiseiras, outros); e do plástico produz-se um material que se usará para fabricar novos objetos, explica o comunicado.

“Este é um projeto pioneiro em Portugal, com diversas marcas comercializadoras de cápsulas de café unidas num processo conjunto de reciclagem que começa em Cascais e que pretende incentivar todos os portugueses a juntarem-se a este projeto de sustentabilidade”, conclui a mesma fonte.



Notícias relacionadas

loading...

Comentários estão fechados.