Parques Nacionais a não perder no Brasil



Com mais de 8,5 milhões de quilómetros quadrados, o Brasil é o país com a maior biodiversidade do mundo. Tem mais de 70 parques nacionais protegidos, que visam a preservação de ecossistemas naturais de grande relevância ecológica, bem como de inúmeras espécies.

Se está a planear uma visita ao país, não se foque só nos grandes centros urbanos e nas praias paradisíacas. É imperativo que os parques naturais e o ecoturismo tenham um lugar de destaque em qualquer guia de viagem. Para que não perca a oportunidade de conhecer algumas destas magníficas áreas protegidas, a Embratur – Agência Brasileira de Promoção Internacional do Turismo, destacou quatro parques nacionais, localizados em diferentes zonas do Brasil:

Parque Nacional Chapada Diamantina – Bahia

Foto: Shutterstock

Situado no centro do Estado da Bahia, o Parque Nacional Chapada Diamantina é uma região de serras onde nascem os rios das diversas bacias do Estado. O parque nacional é administrado pelo Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade. Foi criado em 1985 com o intuito de preservar os ecossistemas da Serra do Sincorá e conservar as suas nascentes, especialmente a do principal rio baiano, o Paraguaçu. Todos os anos, novas espécies de plantas e animais são descobertos na região.

O Morro do Pai Inácio é um dos principais pontos a visitar. Com a vista mais atrativa da região, o Morro tem 1.050 metros de altitude e do topo pode observar todo o Parque. A Cascata da Fumaça é outra experiência a não perder, é a segunda maior cascata do Brasil, tem 380 metros de queda e é acessível por um trilho de duas horas.

Parque Nacional Chapada dos Veadeiros – Goiás

Foto: Shutterstock

Criado em 1961, o Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros está localizado no Estado de Goiás, a poucos quilómetros da Capital Brasília. Com uma área de mais de 240 hectares, o parque é um local com uma biodiversidade única.

Foi declarado Património Natural da Humanidade pela UNESCO em 2001 devido às suas espécies e formações vegetais, centenas de nascentes, cursos de água e rochas com mais de mil milhões de anos. A região é rica em cristais e considerada por muitos como um portal único onde é possível ter experiências místicas e inesquecíveis.

Os visitantes podem conhecer o Vale da Lua, onde podem explorar um conjunto de formações rochosas que remetem para crateras lunares ou o Jardim de Maytrea, que oferece uma vista panorâmica do local e onde podem observar o famoso Morro da Baleia.

Além disso, o turismo não é o único propósito do parque, já que este também promove a investigação científica e a educação ambiental.

Parque Nacional da Tijuca – Rio de Janeiro

Foto: Shutterstock

Situado no Rio de Janeiro, o Parque Nacional da Tijuca é o mais visitado do Brasil. Conhecido pelos seus trilhos e estradas, o parque divide-se em três setores, o Setor Floresta, o Setor Serra da Carioca e o Setor Pedra Bonita e Gávea.

O Setor Floresta, também conhecido como Floresta da Tijuca, oferece locais privilegiados de recreação para aproveitar o dia com amigos e família. É aqui que se concentram vários trilhos para o público percorrer, sendo os dois principais o trilho dos picos e o trilho do vale histórico. No local, pode encontrar também parte do maior trilho urbano do Brasil, a Transcarioca.

Conhecida por ser a serra mais charmosa do Rio de Janeiro, o Setor da Serra Carioca é onde estão localizados os pontos mais icónicos da cidade e uma das sete maravilhas do mundo moderno, o Cristo Redentor, no topo do Morro do Corcovado. As cascatas do Horto, o Parque Lage e a Trilha Transcarioca são outros locais imperativos para os visitantes desta serra.

O Setor Pedra Bonita e Gávea está localizado entre os bairros de São Conrado, Barra da Tijuca e Alto da Boa Vista. Este setor do parque é o mais conhecido pelas opções de aventura e desporto que oferece aos visitantes, tais como escalada, trilhos, voo de asa delta e parapente numa das rampas mais famosas do mundo, a Pedra Bonita. Este setor também abriga a imponente Pedra da Gávea, que tem mais de 800 metros de altitude.

Parque Nacional Foz do Iguaçu – Paraná

Foto: Nilmar Fernando

O Parque Nacional Foz do Iguaçu é uma área protegida do Brasil e é administrado pelo Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade. Foi há 36 anos, em 1986, que o parque recebeu a distinção de Património Natural da Humanidade pela UNESCO.

É conhecido por ter uma das atrações mais conhecidas do Brasil, as Cataratas do Iguaçu. Além das Cataratas, os visitantes podem percorrer e conhecer a imensa área verde de fauna e flora que cobre os 185 mil hectares do parque natural.



Notícias relacionadas

Comentários estão fechados.