7 mil milhões de litros de água. Este é o ‘preço’ do arrefecimento dos Data Centers da Google

A Google já conta com 21 Data Centers nos Estados Unidos da América (EUA), mas vai continuar a construir mais, de forma a poder corresponder às necessidades das populações.

Em 2019, segundo o Jornal The Independent, a Google gastou mais de 7 mil milhões de litros de água para arrefecer Data Centers em diferentes Estados do país. Já em 2021, estima-se que um novo no Texas, vá gastar anualmente cerca de 5.56 mil milhões.

As Comunidades começam-se a preocupar com a utilização deste recurso, principalmente nos Estados como o Arizona e o Texas. A escassez de água, em zonas que têm deserto e sofrem secas extremas, é um problema crescente. É pedido que as pessoas reduzam o seu consumo, mas ao mesmo tempo abrem-se exceções para a empresa.

No funcionamento destes Centros, a Google usa um sistema climatizador por evaporação, em que a água evapora de forma a baixar a temperatura no local. Este método de arrefecimento leva a um menor uso de energia, mas requer mais água.

Contudo, a empresa tem trabalhado ao longo dos anos por tornar os seus Data Centers mais eficientes e ecofriendly, e tem procurado, nas cidades em que é possível, formas de preservar a água potável das populações, recorrendo a água do mar ou reciclada.

 

Notícias relacionadas
Comentários
Loading...