A orquídea mais feia do mundo

Gastrodia agnicellus, também conhecida como “a orquídea mais feia do mundo” está localizada em Madagascar. Não tem folhas, cresce a partir de um caule peludo e tuberoso, e passa a maior parte de sua vida sob a terra, emergindo apenas para florescer ou produzir frutos.

“A beleza está no olho de quem vê”, disse Johan Hermans, o investigador responsável pela descoberta, à CNN. A orquídea depende de fungos para a sua nutrição e não tem folhas ou qualquer outro tecido fotossintético. Embora esteja avaliada como uma espécie ameaçada, esta planta tem alguma protecção porque está localizada numa parque nacional.

Depois de a Gastrodia agnicellus ter sido polinizada, os estames crescem, elevando os frutos bem acima do chão da floresta para que as sementes possam ser dispersadas com o vento. A orquídea depende dos fungos para se alimentar e não tem folhas ou qualquer tecido fotossintético.

 

 

 

Notícias relacionadas

Comentários estão fechados.