Alterações climáticas: A arborização do planeta pode ser tão eficaz como o corte nos combustíveis fósseis

Administrar bem os solos pode ter um impacto ambiental bem mais importante do que se imaginava. Um novo estudo agora publicado revela que a arborização pode ter um papel no combate às mudanças climáticas tão importante como o corte no consumo de combustíveis fósseis.

As conclusões do estudo agora publicado no jornal norte-americano Proceddings of the National Academy of Sciences são, no mínimo surpreendentes. Uma equipa internacional de cientistas afirma perentoriamente que “a melhor administração dos solos pode ter um papel mais importante no combate às alterações climáticas do que se supunha”.

Segundo estes investigadores, a reflorestação, entre outras práticas tradicionais, pode contribuir em 37% para a redução do total de emissões estabelecido pelo acordo de Paris até 2030.

Mas os autores do estudo vão mais longe: assumem que uma completa reflorestação do planeta teria um impacto no clima do planeta equivalente ao da paragem global da queima de combustíveis fósseis.

Foto: via Creative Commons 

Patrocinadores

css.php