Alterações climáticas estão a transformar a distribuição da água no Planeta, indica novo estudo

A quantidade e a localização da água terrestre disponível está a mudar em todo o planeta. Uma equipa internacional de cientistas liderada pela ETH Zurich conseguiu provar pela primeira vez que as alterações climáticas induzidas pelo Homem são responsáveis pelas mudanças observadas na água terrestre disponível, indica o portal Phys.

Até agora ainda não tinha sido provado que existia efeito direto do aquecimento global na água disponível no Planeta, mas este novo estudo veio provar isso mesmo.

Conforme relatam os cientistas na edição atual da Nature Geoscience, reconstruíram a disponibilidade mundial de água no mês mais seco dos anos entre 1902 e 2014 usando modelos climáticos e novos dados baseados em observações.

Observações mostram que o volume disponível de água vem a decair em algumas regiões do mundo há algumas décadas. Um exemplo é o sul da Europa, onde a aridez está a aumentar, mas em outras áreas, a quantidade de água disponível está a subir, como o interior da China, sudeste da Ásia e região do Sahel.

Apesar de não ser possível provar diretamente o efeito das alterações climáticas em uma série de observações, para verificar o seu papel, a equipa usou o que é conhecido como método de atribuição. Isto envolve uma comparação de séries observacionais com simulações de modelos climáticos calculados com e sem emissões de CO2 produzidas pelo Homem.

Em geral, os dados da disponibilidade de água reconstruídos apontam para estações secas mais intensas em latitudes extratropicais. As regiões afetadas incluem a Europa, oeste da América do Norte, norte da Ásia, sul da América do Sul, Austrália e África Oriental. Os investigadores observaram que o aumento da intensidade das estações secas geralmente é causado por maior evaporação (devido a temperaturas e radiação mais altas), em vez de precipitação reduzida.

 

Notícias relacionadas
Comentários
Loading...