Animais extintos podem voltar à vida (com FOTOS)

Há 10 mil anos, o tigre-dentes-de-sabre habitava o continente americano – infelizmente, as mudanças climáticas e a caça furtiva conduziram-no à extinção. Mas agora os seus fósseis bem preservados – encontrados nos poços de piche de La Brea, na Califórnia – podem ser capazes de fornecer o material genético necessário para trazer de volta esta espécie à Terra.

Os avanços nas técnicas de clonagem e na biologia molecular podem trazer de volta à vida animais que entraram em extinção. O Revive & Restore Project está já a trabalhar em métodos e procedimentos que possam tornar isto real.

O objectivo é recuperar espécies que habitaram o planeta mas que já não existem. O primeiro passo passa pela recolha de material genético da espécie, através de amostras de ADN. Isto pode ser conseguido através de exemplares conservados em museus, por exemplo.

As espécies candidatas a entrar neste processo foram escolhidas com base na resposta a três factores principais: se a espécie é desejada, se seria prático trazê-la de volta e se a sua reintrodução no habitat natural poderia acontecer.

Este assunto levanta, contudo, inúmeras questões éticas. Por exemplo, porquê investir recursos em projectos deste género quando podemos investir na conservação de espécies ameaçadas que ainda habitam o planeta?

Neste sentido, a National Geographic realizou o evento público TedxDeExtinction, no dia 15 de Março, em Washington, onde se pôde discutir de forma pública este tema. Veja alguns dos animais que estão na calha para serem ressuscitados – e o respectivo nome.

E o leitor, o que pensa a este respeito?

Deixar uma resposta

Patrocinadores

css.php