Asteroide passa a 400 quilómetros da Terra e só reparámos no dia seguinte

Um asteroide conhecido como 2020 VT4 passou pouco menos de 400 quilómetros sobre o sul do Oceano Pacífico no passado dia 13 de Novembro. De acordo com a NASA, esta foi a rocha espacial que se aproximou mais do Planeta sem chegar a colidir.

O Sistema de Alerta de Impacto Terrestre de Asteroides (ATLAS) no Havai registou este objeto apenas um dia depois.

De acordo com o portal Phys, este asteroide tem cerca de 10 metros de diâmetro, o que é aproximadamente o tamanho de uma pequena casa.

“Isto estabelece um recorde para a passagem asteroide meteórica documentada mais próxima em relação à Terra. Este recorde já foi ultrapassado uma vez neste ano, com a passagem do asteroide 2020 QG a 3.000 quilómetros da superfície da Terra em 16 de agosto ”, relata o portal.

Se algum observador madrugador estivesse atento, o 2020 VT4 poderia ter sido visto a sul da Tasmânia, mas, certamente, seria confundido com uma estrela a deslocar-se rapidamente.

O asteroide 2020 VT4 é considerado um Objeto Próximo à Terra (NEO) devido à sua proximidade com a Terra.

Notícias relacionadas
Comentários
Loading...