Barclays: CEO pede novo código de ética

O novo CEO do banco britânico Barclays, Antony Jenkins, pediu aos 140 mil trabalhadores da instituição para assinarem um novo código de conduta e ética ou saírem da empresa. Os colaboradores têm que garantir cinco valores base: respeito, integridade, serviço, excelência e responsabilidade.

“Alguns de nós podem não sentir ter a capacidade de abordagem que liga a performance aos nossos valores. A minha mensagem para esses é simples: o Barclays não é o sítio para vós. As regras mudaram. Hoje não se sentirão confortáveis no Barclays e, para ser franco, nós também não nos sentimos confortáveis tendo-vos como colegas”, explicou Jenkins.

O CEO criticou a cultura agressiva de trabalho que o Barclays exibiu nos últimos 20 anos, e no seu foco no dinheiro fácil em vez de valores e reputação a longo prazo.

Nos últimos meses, explica a BBC, o banco foi acusado de ter vendido seguros de protecção desnecessários, para além de uma taxa de juro complexa e exagerada e de outras má práticas para com os pequenos negócios.

Notícias relacionadas
Comentários
Loading...