Borderea Chouardii, uma planta espanhola que vive 300 anos

Chama-se Borderea Chouardii, é uma planta rara e sobrevive desde o tempo dos dinossauros. Vive até 300 anos e apenas pode ser encontrada em dois penhascos dos Pirineus espanhóis, suspensa.

Segundo escreve Ed Yong no Discovery, a longevidade desta pequena planta é ajudada por três diferentes espécies de formigas. Duas delas transportam o pólen de planta em planta.

Depois, uma terceira espécie de formigas leva as suas sementes – destas, cerca de dois terços são comidas. Segundo o Discovery, há apenas 10 mil destas plantas, isoladas nas montanhas. Sem a ajuda das formigas, a Borderea Chouardii, a Flor de Aragão, estaria extinta. Todas vivem num quilómetro quadrado vertical de rocha.

“Esta planta é uma relíquia, que está suspensa desde pouco tempo depois da morte dos dinossauros, quando os Pirineus eram bafejados por um clima tropical”, pode ler-se no Discovery.

A planta foi descoberta em 1952 e quarenta anos depois, em 1993, o Governo Regional de Aragão pediu a Maria Garcia para estudar a Borderea Chouardii. “Não é um campo de trabalho fácil, posso dizer-vos, mas é interessante e engraçado”, explica a responsável.

As principais conclusões de Maria Garcia vieram agora a público: o segredo da longevidade da Flor de Aragão está nas formigas. Leia o artigo da Discovery para saber mais desta planta (em inglês).

Notícias relacionadas
Comentários
Loading...