Califórnia: veados morrem sem pêlo vítimas de piolhos

Uma praga de piolhos agressivos parece estar na origem da falta de pêlo de veados por toda a Califórnia, nos Estados Unidos, e até da morte de alguns animais, defendem as autoridades da vida selvagem do estado.

Desde 2009 que os investigadores recolhem amostras de pêlo e sangue de mais de 600 veados e alces com sintomas que vão desde disformidades na pelagem até à sua queda completa. Até agora, a perda de pêlo tem sido associada a uma espécie invasora de piolho que se alimenta de veados nativos da Europa e da Ásia.

O veado responde ao ataque do parasita mordendo-se e coçando-se, o que se pensa estar a conduzir à perda do pêlo.

O síndrome da perda de pêlo é associado a um pobre estado nutricional, informa o Huffington Post. Crê-se também que os veados infestados por piolhos se tornam alvos fáceis de coiotes e leões da montanha.

“Embora esta teoria ainda esteja sob investigação, o que sabemos é que o piolho tem impactado as populações migratórias de veados da Califórnia, que agora têm uma taxa de sobrevivência baixa, o que torna difícil restituir o grupo”, disse Greg Gerstenberg, biólogo do Departamento de Pesca e Vida Selvagem da Califórnia.

Neste momento, a prioridade é perceber por que razão estão a surgir estas infestações de piolhos e compreender os seus impactos.

O primeiro caso estranho foi registado na Primavera de 2009, quando um veado quase totalmente sem pêlo foi encontrado morto na Serra Nevada. Nos cinco meses subsequentes, 240 animais sem pêlo foram encontrados mortos nas montanhas do Yosemite National Park.

O síndrome foi identificado em mais de 12 países.

Notícias relacionadas
Comentários
Loading...