China proíbe pessoas de comer cão e gato

Cães e gatos, cuja carne é consumida por uma minoria do povo chinês, foram excluídos pela primeira vez de uma lista oficial de animais comestíveis. “Esta é a primeira vez que o Governo chinês estipula que os gatos e os cães são animais de estimação e não para consumo”, reagiu a American Humane Society International, citada pelas agências de notícias norte-americanas.

No texto, publicado num projeto de lei proposto pelo Ministério da Agricultura e Assuntos Rurais, estão também incluídos suínos, bovinos, ovelhas, aves e camelos. E, em particular, especifica-se que o termo “gado” se refere a animais que “foram domesticados e mantidos por um longo tempo”, a fim de obter produtos como carne, ovos e peles para fins medicinais e militares.

O projeto de lei a nível nacional está em fase de “consulta aberta” ao público para sugestões e possíveis melhorias. Anualmente, milhares de cães são abatidos durante a festa da carne de cão de Yulin. Estima-se que só no ano passado 1o milhões de cães tenham sido abatidos para consumo, em todo o país.

Notícias relacionadas
Comentários
Loading...