Colaboradores das AstraZeneca plantam mais de 1.600 árvores no Parque Natural de Sintra-Cascais



Pela segunda vez este ano, os colaboradores da AstraZeneca Portugal deitaram, literalmente, as mãos à terra para uma ação de plantação de árvores destinada a compensar as emissões de CO2 anuais feitas pela companhia farmacêutica no nosso país, informou a empresa em comunicado.

Segundo a mesma fonte, depois de, em março passado, terem sido plantadas 5.500 árvores em Murça, distrito de Vila Real, e tendo em conta as estimativas da Quercus, que apontam que cerca de 30% destas árvores não sobrevivem, foi necessário voltar a agir para uma compensação completa das emissões de CO2. Desta vez, mais de 30 colaboradores ajudaram a plantar 1.650 árvores (30% das 5.550) no Parque Natural de Sintra-Cascais, numa área cogerida pela Câmara Municipal de Cascais e pelo Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF).

“Sabemos que a saúde do planeta tem impacto em todos nós e consideramos, por isso, essencial fazer uma gestão eficiente da nossa pegada através, nomeadamente, de um investimento na natureza”, refere Sérgio Alves, Country President da AstraZeneca.

O comunicado relembra que, desde 2020, a AstraZeneca tem o compromisso de compensar todas as emissões de Co2 em scope 1 e 2 através da plantação de árvores em diferentes regiões do País, numa parceria com a Quercus, o que se traduz em mais de 20 mil árvores plantadas até ao momento.

Esta medida junta-se a várias outras que a companhia tem promovido em Portugal em prol da sustentabilidade ambiental. Esta é uma das prioridades da empresa e tem como expoente máximo o edifício sede, onde estão instalados 795 painéis solares, que têm uma produção estimada de 400 MWh/ano de energia. Um edifício que opera a 100% com energia renovável. Paralelamente, tem existido uma “forte aposta na transição para viaturas elétricas, prevendo-se que a totalidade da frota automóvel seja elétrica já em 2024”.





Notícias relacionadas



Comentários
Loading...
viagra before and after photos what to expect when husband takes viagra