Como Hollywood ajudou a reabilitar a aldeia de Mineral de Pozos, no México (com FOTOS)

Nada como um filme de Hollywood para ajudar o turismo local: nos anos 90, a aldeia Mineral de Pozos, no México, foi o local escolhido para as filmagens de A Máscara de Zorro. A aldeia tinha sido praticamente abandonada nos anos 40, quando as minas de ouro e prata fecharam e a população se mudou para outros locais mais ricos e, sendo assim, muita da sua cultura e edifícios históricos permaneceram incógnitos durante 50 anos.

No entanto, os últimos 20 anos trouxeram uma nova movimentação à aldeia. E turistas. No final dos anos 80, o Governo mexicano decidiu que Pozos deveria ser considerado Património Nacional, pela importância que já teve no desenvolvimento económico daquela região e país. Mais tarde, a aldeia recebeu o galardão de Património da Humanidade, atribuído pela UNESCO, o que colocou mais olhos a dedicarem-lhe atenção.

Seguiram-se as filmagens de A Máscara de Zorro, em 1998, e as primeiras pessoas que re-habitaram o local. Hoje, o local tem 20 habitantes, seis hotéis e três outros em construção. “Isto já foi um grande local industrial, mas há algo de especial por aqui. Um sentimento de que chegámos a casa”, explicou à Associated Press Rosa Marino Huertas, que abriu um hotel na aldeia.

Com os turistas chegou o dinheiro e o antigo sistema de drenagem, já desactualizado, está já a ser remodelado.

Fundada no século XVI pelos espanhóis, para explorar os vastos depósitos de prata e ouro, a aldeia atingiu o seu pico no século XIX, altura em que chegou a ter 40.000 habitantes a trabalhar em 360 minas.

Fotos: Giacomino Da Ros / shkargot / Alan Zabicky / Creative Commons

[nggallery id=2259 template=greensavers]

Notícias relacionadas
Comentários
Loading...