Danone reduz mais de 200 mil kg de plástico ao ano ao retirar tampas de iogurtes e leites fermentados líquidos

A Danone retirou todas as tampas de plástico da generalidade dos seus iogurtes e leites fermentados líquidos. Esta medida, que foi implementada a nível nacional, encontra-se em linha com a missão da empresa de “levar saúde através da alimentação ao maior número de pessoas possível”, fazendo-o de forma sustentável e minimizando o impacto no meio ambiental e nas comunidades onde se encontra presente. Este compromisso terá uma repercussão direta e imediata no consumo e utilização de plástico por parte da marca, colocando menos 145 milhões de tampas por ano no mercado, traduzindo-se numa redução de 200 mil kg de plástico anuais.

Para Ludovic Reysset, Country Manager da Danone Portugal, esta medida vai ao encontro do compromisso da empresa de contribuir para um mundo melhor, fazendo-o da uma forma cada vez mais consciente e sustentável: “Na Danone temos um forte compromisso com o meio ambiente e nunca antes a nossa visão ‘One Planet. One Health’ foi tão significativa e a nossa contribuição tão evidente. Esta remoção das tampas permitir-nos-á colocar menos 200 mil kg de plástico por ano no mercado. Serão menos 145 milhões de tampinhas de plástico todos os anos. Este é um importante passo para a nossa estratégia e compromisso para com o ambiente, mas não é o único. Estamos permanentemente a trabalhar para reduzir material de embalagem, escolher materiais menos prejudiciais para o ambiente e desenhar embalagens que sejam funcionais e mais interessantes de um ponto de vista da pegada ecológica que produzem. Esta é, no entanto, uma equação complexa entre oferecer ao consumidor uma experiência de consumo superior, a perfeita conservação do produto, a exequibilidade técnica da embalagem e trazer uma opção ambientalmente interessante. A remoção da tampa na generalidade dos nossos iogurtes e leites fermentados líquidos foi algo que conseguimos fazer e que nos possibilita minimizar muito o nosso impacto ambiental. Temos uma estratégia definida para continuar a minimizar este impacto através de outros produtos.

A remoção das tampas de plástico da generalidade dos iogurtes e leites fermentados líquidos não coloca em risco a conservação e qualidade do produto, uma vez que a estanquicidade da garrafa é assegurada pela tampa de alumínio que contém e não pela tampa de plástico, continuando o produto a ter total segurança e qualidade alimentar, seja no seu transporte, condições de refrigeração, conservação ou acondicionamento.

Na sequência da retirada das tampas e numa iniciativa adicional de responsabilidade social, a Danone irá ainda doar as tampas de plástico de que dispõe e que já não utilizará. Serão doadas mais de 1 milhão de tampinhas de plástico ao Projeto “Tampinhas” promovido pela ANEM – Associação Nacional de Esclerose Múltipla – e que tem como objetivo converter as tampas em fundos para aquisição de material médico e ortopédico.

Notícias relacionadas
Comentários
Loading...