Descoberto raro pássaro metade fêmea metade macho. “Foi como ver um unicórnio”

Este pássaro raro, cujo lado direito corresponde a um macho e o esquerdo a uma fêmea, foi descoberto no Powdermill Nature Reserve, um centro de investigações do Museu Carnegie de História Natural da Pensilvânia, nos Estados Unidos.

O Pheucticus ludovicianus é uma espécie de ave da família Cardinalidae, um tipo de pássaro que nidifica na América do Norte, migrando para sul no inverno.

No caso deste espécime, os cientistas relataram que o pássaro sofre de ginandromorfismo, um tipo de anomalia genética que representa um mesmo organismo com características masculinas e femininas.

A diferença entre o lado feminino e masculino é visível a olho nu, graças à cor das suas plumas.
A sua asa do lado masculino é preta do lado de fora e rosa internamente, no que diz respeito à parte feminina é castanha externamente e amarela internamente.

Segundo o PowderMill Nature Reserve, este tipo de anomalia genética é extremamente raro; em mais de 60 anos de monitorização da espécie menos de 10 espécimes foram identificados.

Os cientistas ficaram “muito animados em ver tal raridade de perto e estão no auge desta experiência única na vida”, segundo um comunicado de imprensa.

Annie Lindsay, responsável pelo programa de anilhamento de pássaros em Powdermill, disse que um investigador se referiu à experiência como “ver um unicórnio”, enquanto outro descreveu a descoberta como uma descarga de adrenalina, porque foi “tão notável”.

Os cientistas adiantaram ainda que, teoricamente, o animal pode reproduzir-se, se encontrar um macho, uma vez que o ovário esquerdo é, por norma, o funcional entre as aves e o lado esquerdo deste pássaro corresponde à parte feminina.

Notícias relacionadas
Comentários
Loading...