Descubra os benefícios da dieta genética

Ao iniciar uma dieta surge a incerteza sobre sua eficácia, inclusive muitas pessoas acabam decepcionadas ao finalizar um regime alimentar porque não obtiveram os resultados esperados.

A maioria das dietas são baseadas em contar calorias, consumir vitaminas, lipídios e carboidratos, no início ajudam a reduzir a gordura, mas muitas pessoas com o tempo abandonam o regime e acabam arruinando o progresso alcançado.

A dieta sonhada é aquela que contribui para a perda de peso, e para conservar o peso ideal sem a possibilidade de recuperar as libras novamente. A dieta genética produz benefícios rápidos e eficazes no corpo, por isso se tornou uma tendência há vários anos.

A dieta genética se ajusta a sua medida, está configurada segundo seu código genético, assim não tem falhas porque se trata de uma dieta personalizada. A dieta é projetada levando em conta os genes de cada indivíduo, portanto é elaborada atendendo às particularidades genéticas e as reações do organismo ao consumir alguns alimentos.

Desta forma, a genética está associada com o processamento correto de alimentos no tacto intestinal, e absorção de nutrientes. Se você está interessado em aprender mais sobre os benefícios da dieta genética, você deve continuar a ler este artigo.

O que é a dieta genética?
A dieta genética é principalmente um método alimentar baseado na análise do ADN de cada pessoa, é realizada através de um teste de sangue ou de uma amostra de saliva com o qual se pretende elaborar uma dieta individualizada, utilizando as informações genéticas obtidas a partir dos 12 genes directamente ligados aos processos metabólicos dos lípidos e da glicose.

O genótipo do metabolismo explica a forma como o corpo elimina calorias e gorduras e a conformação do tecido muscular. O exame genético é feito para estudar o comportamento dos genes e suas reações aos alimentos, a metabolização das gorduras e a glicose.

Os resultados mostram como devemos consumir alimentos para queimar as calorias de forma rápida e eficaz. Para completar o estudo os especialistas em Nutrigenética ou os nutricionistas analisam outros dados como os gostos alimentares, as tolerâncias e rejeições a alguns alimentos, a idade, o sexo, etc…

De acordo com os resultados de cada paciente são recomendados a diminuição de açúcares, carboidratos, os alimentos adequados, como legumes e frutas para eliminar gorduras e melhorar a saúde.

Benefícios da dieta genética
Se está decidido a testar a dieta genética, é importante que saiba os benefícios que pode trazer.

Em seguida, mencionamos alguns deles.
• Ensina a comer saudável, ademais se ajusta a suas necessidades particulares atendendo à informação genética observada nos exames de DNA.

• Contribui para a perda de peso de forma saudável.

• Mostra a propensão ou risco de desenvolver algumas doenças, que podem ser evitados ou reduzidos seus efeitos com uma alimentação conveniente.

• É personalizada, conformada segundo as análises do DNA.

• Acelera o metabolismo para eliminar maior número de calorias.

• Permite liberar as toxinas.

•Estabiliza a produção de substâncias como a insulina.

• Desinflama o sistema digestivo, evitando a retenção de líquidos.

Toma em consideração

• O teste genético é caro.

• A dieta integra alimentos que favorecem os intestinos como frutos secos, verduras e vegetais, peixes, cereais, lácteos e iogurtes probióticos, e azeite de oliva.

•A dieta exclui os produtos processados, recomenda também reduzir o açúcar, o arroz e a
“junk food”.

Notícias relacionadas
Comentários
Loading...