Dourogás e a Águas do Tejo Atlântico vão desenvolver projeto de produção de biogás

O Grupo Dourogás e a Águas do Tejo Atlântico, que pertence ao Grupo Águas de Portugal, assinaram um protocolo de colaboração que vai impulsionar o desenvolvimento dos projetos de inovação Hidrogasmove e Solargasmove, na Fábrica de Água de Frielas (ETAR).

Os projetos de demonstração tecnológica de conceito, com tecnologia pioneira em Portugal desenvolvida pela empresa Sysadvance, sediada na Póvoa de Varzim, vão produzir biometano, um gás 100% renovável, através do processo de tratamento das águas da ETAR. Este será, posteriormente, utilizado como combustível veicular, num processo alinhado com o conceito de economia circular, transformando resíduos em recursos energéticos e produzindo uma energia limpa.

A parceria entre as duas empresas tem como ambição descarbonizar a economia, através da produção um combustível renovável que trás benefícios económicos e ambientais e que contribui para uma mobilidade mais sustentável. Com a utilização de biocombustíveis avançados nos transportes, será possível reduzir a emissão de gases com efeito de estufa (GEE) e melhorar a qualidade do ar.

Nuno Moreira, Presidente Executivo do Grupo Dourogás, sublinha: “o Grupo Dourogás tem construído uma pegada diferenciadora enquanto organização empenhada no desenvolvimento de alternativas energéticas mais sustentáveis. Estamos comprometidos com a descarbonização da economia nacional e esta parceria permite-nos dar mais um passo nesse sentido, promovendo a utilização plena dos recursos com vista a uma economia verdadeiramente circular. A inovação que desenvolvemos na Dourogás tem um objetivo: assegurar alternativas sustentáveis para a mobilidade do futuro, centrada nos gases renováveis e no Hidrogénio, que promovam ganhos ambientais significativos e que, ao mesmo tempo, gerem valor económico para as empresas e para o país”.

“Como referência do setor da água em Portugal, a Águas do Tejo Atlântico abraça esta parceria com muita satisfação e como exemplo da prioridade que damos à qualidade do serviço que prestamos nos 23 Municípios em que estamos presentes e que serve cerca de 2,4 milhões de pessoas. (…) Faz parte do nosso trabalho diário, desenvolver e promover soluções mais eficientes – nomeadamente ao nível do aproveitamento do biogás, que pode ser utilizado na produção de energia verde – que promovam a circularidade e a sustentabilidade dos recursos com vista ao cumprimento dos objetivos da transição energética para uma economia neutra em carbono”, acrescenta Ana Sofia Silveira, Presidente do Conselho de Administração da Águas do Tejo Atlântico.

Os projetos Hidrogasmove e Solargasmove inserem-se no domínio da investigação e inovação do Grupo Dourogás que, em Mirandela, tem em curso um projeto pioneiro e único em Portugal, que passa pela produção de biometano a partir de resíduos orgânicos. O Biogasmove permite abastecer uma frota de veículos da empresa intermunicipal Resíduos do Nordeste, a partir da biodigestão e valorização energética da matéria orgânica recolhida por essas mesmas viaturas – promovendo a Economia Circular.

Notícias relacionadas
Comentários
Loading...