Dubai lança projeto para desenvolver o maior recife do mundo



O Dubai lançou o projeto Dubai Reef, um dos maiores empreendimentos de recifes marítimos do mundo, marcando um significativo avanço na preservação da biodiversidade, foi divulgado em comunicado.

Segundo a mesma fonte, com uma dimensão abrangente de 600 quilómetros quadrados, o Dubai Reef será implementado em quatro fases, com início programado para o final do primeiro trimestre de 2024, com a sua conclusão prevista no prazo de quatro anos.

O Dubai Reef, parte integrante da visão da Agenda Económica do Dubai, iniciativa D33, para posicionar o Dubai como uma cidade líder em sustentabilidade, “surge como resposta aos esforços da cidade em aumentar as reservas de peixe, promover a pesca sustentável e fortalecer a segurança alimentar”. Este projeto “inovador também vai desempenhar um papel vital na redução das emissões de carbono e na promoção da biodiversidade marítima”.

O lançamento do Dubai Reef, liderado pelo Departamento de Economia e Turismo do Dubai (DET) em colaboração com o Comité Regulador sobre a Pesca de Recursos Aquáticos Vivos no Dubai, as Câmaras de Dubai, a Corporação de Portos, Alfândegas e Zona Franca (PCFC) e a Nakheel, coincide com a realização da 28ª Cimeira do Clima das Nações Unidas (COP28) na Expo City Dubai, de 30 de novembro a 12 de dezembro.

Sua Alteza o xeque Hamdan bin Mohammed bin Rashid Al Maktoum sublinha a importância do ambiente, afirmando que “o Dubai está totalmente empenhado na sua preservação como uma prioridade estratégica para garantir um futuro sustentável para as gerações vindouras. Os profundos desafios colocados pelas alterações climáticas globais exercem uma pressão significativa sobre várias formas de vida selvagem e o Dubai está fortemente empenhado em desempenhar um papel substancial na mitigação destes efeitos através de iniciativas que promovam a sustentabilidade do nosso ambiente natural, com particular ênfase nos recifes de coral.”

O Dubai Reef vai consistir em módulos de recifes artificiais de vários tamanhos, abrangendo 600 quilómetros quadrados das águas cristalinas de Dubai, ultrapassando os 400.000 metros cúbicos de volume total. Estima-se que tenha uma capacidade de capturar mais de sete milhões de toneladas de carbono anualmente, “desempenhando um papel fundamental na restauração do habitat dos recifes de coral, proteção costeira e no renascimento da biodiversidade marítima ao longo da costa do Dubai”, explica a nota.

Além dos benefícios ambientais, acrescenta a mesma fonte, o projeto Dubai Reef também “vai ter impactos socioeconómicos, criando oportunidades de emprego, impulsionando atividades recreativas marítimas e promovendo fontes sustentáveis de alimentos em linha com a estratégia de segurança alimentar dos Emirados Árabes Unidos”.

Este projeto “reafirma o compromisso do Dubai e a visão de Sua Alteza Xeque Hamdan bin Mohammed em deixar um legado duradouro para proteger e sustentar a vida selvagem e o ambiente marítimo, contribuindo para o bem-estar do nosso planeta”.





Notícias relacionadas



Comentários
Loading...
viagra before and after photos what to expect when husband takes viagra