Elétrico chinês com nome de gato chega em 2022

Este utilitário elétrico de aspeto retro foi mostrado no Salão de Munique e prepara-se para chegar à Europa. O primeiro será o Ora Cat (também há o Ora Black Cat, o White Cat, o Good Cat e o Punk Cat…), um modelo compacto de cinco portas, com 4,23 metros de comprimento, 1,82 metros de largura e 2,65 metros na distância entre eixos, que mistura um visual moderno com alguns elementos de estilo retro.

A versão europeia baseia-se no Cat chinês, assente na nova plataforma L.E.M.O.N. do gigante asiático, devendo contar com os mesmos motores elétricos de 141 ou 171 CV, associados a baterias com 49 kWh ou 63 kWh de capacidade, para autonomias que variam entre os 300 e os 400 quilómetros entre recargas.

Este modelo não possui botão “start”, sendo que o motor é acionado quando o condutor se senta e desliga-se quando este se levanta. Existem alguns botões físicos na consola central e no volante. Além disso, é possível monitorizar permanentemente o interior através de uma app. O motor de 126 kW/171 cv e 250 Nm possibilita acelerar de 0 a 100 km/h abaixo dos 8,5 segundos ou 0-50 km/h em 3,8 segundos. A velocidade máxima é limitada a 160 km/h. Os preços começam nos 30 mil euros.

 

Notícias relacionadas

Comentários estão fechados.