Emissões de CFC-11 continuam a aumentar. Cientistas culpam China

Uma equipa de cientistas descobriu a origem do até agora misterioso aumento do CFC-11. Num estudo publicado na Nature, os seis cientistas apontam o dedo para a emissão daquele gás a duas províncias chinesas.

A produção do clorofluorocarboneto (CFC) 11 foi proibida em todo o mundo em 2010. Mas, em 2018, verificou-se que a taxa de declínio desse CFC tinha abrandado cerca de 50% desde 2012, o que significava que esta substância estava a ser lançada na atmosfera.

Para ler o artigo completo no Jornal Económico clique aqui

Artigos recomendados