Empresa que explora rubis no norte de Moçambique arrecada 5 milhões em leilão na Tailândia



A Gemfields, acionista maioritária da empresa que explora rubis no norte de Moçambique (Montepuez Ruby Mining), anunciou que arrecadou 4,2 milhões de dólares (cinco milhões de euros) em leilão de pedras comerciais extraídas em Cabo Delgado.

Trata-se de um leão ocorrido em Bangkok, capital tailandesa, entre 19 e 23 de setembro, tendo sido vendidas pedras como safira, corindo e rubi, indica a Gemfields, em comunicado.

“As condições de dinamismo prevalecentes no mercado de gemas coloridas tornaram este um excelente momento para vender vários anos de estoque acumulado de qualidade comercial da MRM”, disse Adrian Banks, diretor de vendas da Gemfields, citado no documento.

A Montepuez Ruby Mining (MRM) possui cerca de 34 mil hectares de concessão para exploração de rubis em Cabo Delgado e apresenta-se como a principal investidora na extração de rubis em Moçambique, sendo detida em 75% pelo grupo Gemfields e em 25% pela moçambicana Mwiriti Limitada.

Desde janeiro de 2011, as vendas da Montepuez Ruby Mining representam 94% dos fluxos monetários do país relativos a esmeraldas, rubis e safiras, segundo a própria companhia



Notícias relacionadas

loading...

Comentários estão fechados.