Esta é a primeira tartaruga gigante das galápagos albina do mundo



Nasceram duas tartarugas gigantes das galápagos (Chelonoidis nigra) no Tropiquarium de Servion, na Suíça, mas uma delas tem uma característica muito peculiar: é albina. É a primeira tartaruga albina da espécie de que há conhecimento, seja em cativeiro ou na natureza.

Como refere Thomas Morel, que pertence à equipa do Tropiquarium, nas tartarugas esta condição afeta “aproximadamente um caso por 100.000 indivíduos” por isso “é muito especial que tenhamos a oportunidade de o observar”.

A mãe colocou cinco ovos a 11 de fevereiro e as duas tartarugas nasceram nos primeiros dias de maio. Estes nascimentos são raros devido à sua condição de gigantismo, tendo uma taxa de sucesso entre 2% e 3%. As tartarugas bebés nasceram ao abrigo do programa de conservação EAZA Ex situ (EEP).

Ainda não se sabe o sexo das crias, nem lhes foi atribuído nenhum nome. Embora possam chegar aos 400kg em adultas, estas tartarugas pesam em média 50 gramas quando nascem.

Foto: Tropiquarium de Servion
Foto: Tropiquarium de Servion


Notícias relacionadas

Comentários estão fechados.