Estudo: perda de solo fértil no planeta aumentará drasticamente nos próximos 50 anos

A erosão do solo irá aumentar massivamente em todo o mundo, nos próximos 50 anos, devido às alterações climáticas e ao cultivo intensivo da terra, indica um novo estudo.

A erosão do solo trás grandes consequências. Por exemplo, causa perda de solo fértil, reduz a produtividade agrícola e, portanto, ameaça o suprimento de alimentos para a população mundial. Com base num modelo global, um novo estudo prevê como a perda de solo, também devido à erosão hídrica provavelmente mudará até 2070.

A erosão é o processo pelo qual o solo é arrastado pelo vento e, principalmente, pela água. O uso intensivo da terra e métodos agrícolas que aumentam a erosão, junto com o desmatamento e o sobrepastoreio, são responsáveis ​​por acelerar a perda de solo. Além disso, em algumas partes do mundo, espera-se que a mudança climática aumente ainda mais a quantidade de precipitação que erodirá o solo.

Os investigadores basearam as suas previsões em três cenários que são também usados ​​pelo Painel Intergovernamental sobre Mudanças Climáticas (IPCC). Os cenários descrevem desenvolvimentos potenciais no século 21 com base em várias postulações socioeconómicas diferentes.

Todos os cenários, incluindo os efeitos das mudanças climáticas e do uso da terra, prevêem a erosão hídrica persistente, independentemente das condições climáticas, na maioria dos cerca de 200 países incluídos no estudo. Ao mesmo tempo, os resultados indicam que as mudanças climáticas são o principal fator que leva ao aumento da erosão do solo.

Dependendo do cenário, as simulações prevêem que até 2070 a erosão do solo aumentará significativamente, entre 30% e 66%, em relação aos números de 2015. Se as práticas agrícolas não mudarem e não forem tomadas medidas para conter o aquecimento global , o estudo prevê que mais de 28 mil milhões de toneladas métricas adicionais de solo serão perdidas anualmente. Isto é cerca de dois terços a mais do que as 43 mil milhões de toneladas estimadas para 2015.

Os locais mais vulneráveis ​​a um aumento acentuado da erosão são os países tropicais e subtropicais. Os autores dizem que será, portanto, crítico para os países globais promover um uso mais amplo de práticas agrícolas sustentáveis. “A erosão do solo pode ser mitigada por meio do cultivo sustentável da terra e das políticas certas”, disse o Dr. Pasquale Borrelli, cientista ambiental da Universidade de Basel.

Notícias relacionadas
Comentários
Loading...