Estudo revela como a água nas profundezas da Terra desencadeia eventos sísmicos

A água e outros elementos voláteis que circulam nas profundezas da Terra têm desempenhado um papel significativo na evolução do planeta, na formação de continentes, concentração de recursos minerais e na distribuição de vulcões e terramotos.

As zonas de subducção são as partes mais importantes do ciclo – com altos volumes de água entrando e saindo, principalmente através de erupções vulcânicas. No entanto, há pouco conhecimento sobre a quantidade de água transportada e o seu impacto, indica o portal Phys.

“À medida que as placas viajam de onde são produzidas pela primeira vez nas cordilheiras oceânicas para as zonas de subducção, a água do mar entra nas rochas através de rachas e falhas, vinculando-se a minerais. Ao chegar a uma zona de subducção, a placa aquece e é espremida, resultando na libertação gradual de parte ou de toda a água “, disse o Dr. George Cooper, principal autor do estudo.

“Quando a água é libertada, baixa o ponto de derretimento das rochas circundantes e gera magma. Este magma é flutuante e move-se para cima, levando a erupções no arco vulcânico sobrejacente”.

Cooper explicou ainda: “Estas erupções são potencialmente explosivas por causa dos elementos voláteis contidos no derretimento. O mesmo processo pode provocar terramotos definir a sua magnitude e se provocam tsunamis”.

Notícias relacionadas
Comentários
Loading...