EUA: nova espécie de peixe cavernícola já está em perigo de extinção

Pela primeira vez em mais de 40 anos, investigadores norte-americanos descobriram uma nova espécie de peixe cavernícola. Chamada Amblyopsis hoosieri, a nova espécie tem duas particularidades: a primeira é que, de acordo com a Sci-News, ela tem o ânus perto da cabeça; a segunda é que já se encontra em perigo de extinção.

A descoberta foi feita no Parque Nacional de Mammoth Cave, no Kentucky, Estados Unidos, por duas equipas de investigação diferentes: uma do Louisiana State Baton Rouge, outra da Universidade do Kentucky.

O novo peixe é parente próximo do Amblyopsis spelaea, um peixe cavernícola descoberto há vários anos no mesmo local. O Parque Nacional de Mammoth, de resto, tem o maior sistema de grutas e cavernas do mundo.

As duas espécies encontram-se separadas pelo rio Ohio, que também separa os estados de Indiana e Kentucky.

O Amblyopsis spelaea tem uma mutação na sequência genética da rodopsina, um gene importante na visão. O seu primo hoosieri, por seu lado, não possui essa mutação, mantendo um gene rodopsina funcional, apesar da falta de olhos e visão.

O Amblyopsis hoosieri é cego, robusto e atinge entre seis a oito centímetros. Tem uma grande cabeça, um dorsal plano e amplo.

O corpo é uniformemente despigmentado, incluindo no interior da boca, e rosado-branco, chegando a ser avermelhado perto das guelras. As barbatanas são transparentes. E, claro, tem um ânus atrás da sua cabeça.

peixe_SAPO

Notícias relacionadas
Comentários
Loading...