EUA: Obama fala finalmente das alterações climáticas no discurso de vitória

Depois de uma campanha eleitoral e três debates marcados pela ausência do tema das alterações climáticas e energias renováveis, para desilusão de muitos norte-americanos, o reeleito presidente Barack Obama falou finalmente do assunto esta manhã (em Portugal).

Durante o discurso da vitória, Obama declarou que quer que as crianças norte-americanas “vivam numa América que não está ameaçada pela dívida, pela desigualdade, pelo poder destrutivo de uma Planeta em aquecimento”.

Leia o discurso de Obama na íntegra, em inglês.

O presidente norte-americano apelou ainda à cidadania e à importância de cada norte-americano para mudar o País. “Hoje votámos pela acção, não pela política, como é habitual… quero trabalhar com líderes dos dois partidos para conseguirmos chegar a objectivos que apenas podemos resolver juntos – reduzir o nosso défice, reformar o código fiscal, resolvermos o nosso sistema de imigração ou libertarmo-nos do petróleo estrangeiro”, continuou Obama.

Na verdade, o líder norte-americano não pode fazer nada sozinho. O congresso continuará dividido e intransigente em relação aos temas climáticos – e outros – e, pelo menos nos próximos dois anos, será difícil fazer algo em relação à legislação climática.

Alguns activistas ambientais norte-americanos já se pronunciaram, no Twitter, sobre o que significa a vitória de Obama. “O povo americano escolhe muitos candidatos que fazem campanha por fontes renováveis de energia – a começar pelo presidente Obama, que tomou acções sem precedentes nos quatro últimos anos para proteger o nosso ar e produzir empregos ligados às energias limpas”, afirmou Frances Beinecke, do NRDC Action Fund.

Notícias relacionadas
Comentários
Loading...