Evitar a morte de pássaros em parques eólicos pode ser muito mais fácil do que se pensava

Segundo testes feitos na Noruega, a solução para minimizar a morte de aves em turbinas eólicas pode ser bastante simples.

Roel May, investigador do Instituto Norueguês de Investigação da Natureza (NINA), investigou e documentou o efeito de várias medidas de mitigação para reduzir o risco de colisões de pássaros em parques eólicos.

Este investigador descobriu que pintando uma das lâminas das turbinas eólicas de preto, pode reduzir em cerca de 70% a mortalidade de aves nos parques eólicos.

“Num dos nossos estudos no parque eólico Smola, vimos que a mortalidade diminuiu 70% após pintar uma das três pás do rotor de preto. Um contraste maior torna as turbinas eólicas mais visíveis aos pássaros, para que possa evitar colisões “, disse May num comunicado.

Para a Noruega este é uma medida de grande importância, visto que é urgente reduzir o risco de colisões de águias-de-cauda-branca, espécie que a Noruega tem uma responsabilidade especial de proteger, e várias outras espécies. “Neste caso, a pintura das pás do rotor consumiu recursos, pois os aerogeradores já estavam instalados. Se a pintura for feita antes da construção, porém, tanto o custo quanto a mortalidade de pássaros serão reduzidos”, adianta May.

No parque eólico de Smola, os investigadores do NINA observaram o efeito da pintura de partes das torres das turbinas. “Pintamos a parte inferior de dez torres de turbinas de preto. Isto reduziu a mortalidade das perdizes do salgueiro em quase 50% em comparação com as turbinas eólicas sem pintura na mesma área”, disse o investigador do NINA, Bord Stokke.

Num estudo paralelo a mesma equipa testou ainda luzes ultravioleta. Ao contrário dos humanos, muitos pássaros podem ver este tipo de luzes.

Ao colocarem lâmpadas potentes com este tipo de luz, os investigadores concluiram que os pássaros que a conseguem ver aumentaram a sua altitude de voo, contudo não o suficiente para ultrapassarem as pás das turbinas eólicas.

Adicionalmente, antes da criação de parques eólicos, é fundamental verificar as correntes, visto que áreas com fortes correntes de ar ascendente, normalmente atraem aves de rapina. Como consequência, estas aves colidem mais frequentemente com turbinas eólicas instaladas em tais áreas.

 

Notícias relacionadas
Comentários
Loading...