Exposição com peças de plástico quer chamar a atenção para a poluição

Carolien Adriaansche é uma artista holandesa que recicla plástico para criar as peças com as quais pretende chamar a atenção para o problema da poluição causada por este material. Para a sua próxima exposição, Carolien está a pedir a ajuda dos cidadãos, para que lhe façam chegar as embalagens de plástico de que já não precisem.

Em novembro, a artista estará em Lisboa a recolher plástico para a sua próxima exposição no Museu Nacional de História Natural e da Ciência (MUHNAC) de Lisboa.

A exposição intitulada “Nova Biodiversidade” é uma instalação composta por plantas e animais de plástico. O objetivo é apresentá-los como se fossem uma nova futura biodiversidade. A coleção será ordenada segundo o princípio de espécies e subespécies, cada uma recebendo um nome próprio fictício em Latim.

O projeto foi especificamente concebido para o MUHNAC e será realizado com plástico recolhido durante a estadia da artista em Portugal durante o mês de novembro de 2018. A estreia da exposição está marcada para 6 de dezembro, estendendo-se, depois, até janeiro.

O plástico será recolhido junto a empresas e particulares em Lisboa. Carolien será assistida na sua recolha por organizações empenhadas na limpeza das praias. Com a exposição, a artista pretende chamar a atenção das pessoas para a nossa dependência dos plásticos e as consequências desta dependência para o meio ambiente.

Quem quiser ajudar a artista doando as suas embalagens de plástico encontra mais informações na página de Facebook dedicada a este evento.