Ferramenta explica a explosão das megacidades nos últimos 100 anos (com FOTOS)

O cada vez maior número de megacidades está a preocupar entidades como as Nações Unidas, que há décadas controlam e monitorizam o seu grande crescimento. Agora, um projecto tecnológico norte-americano está a tentar explicar o porquê do seu aparecimento e, sobretudo, de que forma elas foram crescendo num determinado espaço geográfico.

O projecto chama-se The Age of Megacities e aborda dez megacidades – Chicago e Los Angeles (Estados Unidos), Tóquio (Japão), Xangai (China), Cidade do México (México), São Paulo (Brasil), Lagos (Nigéria), Paris (França), Londres (Europa) e Joanesburgo (África do Sul) – durante cinco períodos: início do século XX, c.1929, c.1954, c.1972 e 2014.

O site analisa o porquê do crescimento das cidades – sabia que Los Angeles começou com apenas 4.000 habitantes e que cresceu no final do século XIX devido a uma campanha de marketing que apelidou LA como um paraíso luxoso? Estas e outras informações podem ser vistas neste viciante projecto.

Veja algumas das extensões urbanas das dez cidades, no início do século – na primeira imagem – e actualmente.

[nggallery id=1039 template=greensavers]

Los Angeles – foto 1 e 2

Xangai – 3 e 4

Tóquio – 5 e 6

Chicago – 7 e 8

Cidade do México – 9 e 10

São Paulo – 11 e 12

Lagos – 13 e 14

Joanesburgo – 15 e 16

Londres – 18 e 18

Paris – 19 e 20

Foto: Tommie Hansen / Creative Commons

Notícias relacionadas
Comentários
Loading...