Irá amanhã dia 11 de Abril, ser discutido em Bruxelas os limites de cádmio utilizados nos fertilizantes agrícolas a impor em território europeu numa nova regulamentação europeia que está a ser elaborada.

Pretende-se com esta nova legislação reduzir significativamente a presença deste metal pesado nos fertilizantes evitando assim que o mesmo esteja presente nos alimentos que consumimos, nas nossas terras e águas. O cádmio foi alvo de vários estudos científicos e é comprovadamente um elemento bastante perigoso para a saúde pública e para o ambiente podendo levar a inúmeras doenças.

Em comunicado, a Quercus explica que “este processo legislativo tem criado alguma polémica em Bruxelas, e se na sua grande maioria os Estado Membros têm votado a favor de uma redução significativa da presença deste metal nos fosfatos constituintes dos fertilizantes, outros têm votados a favor de limites bastante elevados, como é o caso de Portugal, Espanha, Reino Unido e Polónia.

Para esta associação ambiental, esta será uma boa hipótese para que os “representantes do governo português em Bruxelas assumam desta vez uma posição mais ambiciosa no que diz respeito aos teores de cádmio nos fertilizantes agrícolas.

Foto: via Creative Commons