Foca cinzenta fotografada com restos de arte de pesca ao pescoço

Na região de Pembrokeshire, no País de Gales, é comum ver a presença de focas cinzentas. Este mamífero é uma espécie protegida que nada nas águas do Oceano Atlântico norte, cuja população se estima ser em média 300 mil focas, segundo a Organização do Reino Unido National Trust.

No passado dia 16 de outubro foram divulgadas algumas fotografias da Agência PA Media, que mostram uma foca com restos de arte de pesca enrolados no seu pescoço, junto da sua cria, noticia o The Independent.

A Natural Resources Wales, que monitoriza a espécie em Pembrokeshire, já reagiu à situação, alertando que este tipo de acontecimentos é cada vez mais comum. “Em 2019, apenas na área da Ilha Skomer, 28 focas foram fotografadas com sinais óbvios de que estiveram emaranhadas em algum momento da sua vida”, explicou Kate Lock.

“Todos os dias grandes quantidades de lixo são despejadas no mar e a nossa vida selvagem está a pagar esse preço. Lixo como as redes de pesca e os equipamentos não desaparecem simplesmente e podem representar uma ameaça por décadas, atingindo todos os tipos de vida no oceano, como pode ser visto aqui na costa oeste do país de Gales”, afirma Mark Underhill, do National Trust.

Além das alterações climáticas, a poluição e o lixo marinho são também umas das grandes ameaças para as espécies e para os ecossistemas.

Ft: PA Wire/PA Images
Ft: PA Wire/PA Images

 

Notícias relacionadas
Comentários
Loading...