Fundo de pensões norueguês acaba com investimentos em carvão, óleo de palma e areias betuminosas

A maior gestora de fundos de pensões da Escandinávia, a Storebrand, anunciou que vai deixar de investir em empresas de combustíveis fósseis e outros produtos pouco amigos do ambiente. No total, a Storebrand vai deixar de investir em 176 empresas do sector do carvão, óleo de palma e areias betuminosas.

“Como gestores e fornecedores de poupanças e pensões, temos de garantir um bom retorno a longo-prazo para os nossos clientes. As alterações climáticas são o mais complexo dos factores de risco para a sustentabilidade e a preservação das florestas e florestas tropicais, em particular, é essencial para combater essas mudanças”, afirma a directora do departamento de investimentos sustentáveis, Christine Meisingset, em comunicado citado pelo Ecologist.

A gestora tem estado nos últimos tempos a rever os seus investimentos nos diversos sectores de uma perspectiva ambiental, de forma a identificar os problemas com as empresas em que investem. Até agora, a Storebrand excluiu cerca de 176 empresas dos seus investimentos, decisão baseada em critérios éticos. Cerca de 40 pertenciam ao sector do carvão, das areias betuminosas e óleo de palma. No total 46 empresas foram excluídas com base na “degradação ambiental” e 44 em “não sustentabilidade”.

Notícias relacionadas
Comentários
Loading...