Green Project Awards lança ciclo de conferências em 2014

A organização do Green Project Awards pretende criar, ao longo de 2014, grandes momentos de debate e reflexão sobre os temas mais prementes para o desenvolvimento sustentável. Consumo Sustentável, Cidades Sustentáveis, Economia Verde e Capital Natural dão o mote para o desenvolvimento de um ciclo de conferências, que será promovido em parceria com um conjunto de entidades de relevo em diferentes áreas de atuação.

Este ciclo de conferências arrancou hoje com o debate sobre “Inovação e Sustentabilidade nas cidades do futuro”, a decorrer na Culturgest, e que conta com a intervenção de diferentes oradores: Ana Trigo Morais, directora-geral da APED – Associação Portuguesa de Empresas de Distribuição, Miguel Moreira, Administrador da PT, José Melo Bandeira, administrador-delegado da Dalkia, e Afonso Lobato Faria, Presidente da Águas de Portugal, o mais recente parceiro do Green Project Awards.

O consumo sustentável será outra das áreas preferenciais, dando nome a uma das novas categorias do Green Project Awards. Assim, será realizada uma conferência, a 5 de Junho, em parceria com a Ikea e o Continente. Para ajudar a desenhar os temas e projetos a abordar nesta área, o Green Project Awards contou com a colaboração da APED, da DECO, e do Instituto de Ciências Sociais da Universidade de Lisboa.

O Green Project Awards e a EDIA – Empresa de Desenvolvimento e Infra-Estruturas do Alqueva irão criar um prémio para a promoção da sustentabilidade na região de Alqueva, em 2014. E nesse âmbito, a EDIA será também um dos parceiros do GPA na realização de uma conferência sobre Capital Natural, onde a agricultura, a floresta, o mar e a biodiversidade estarão em destaque.

Em 2014, o tema da economia verde continuará a merecer destaque, encerrando o ciclo de conferências, a par da entrega de prémios aos vencedores da 7ª edição do Green Project Awards.

Presente em Portugal, Brasil e Cabo Verde, o Green Project Awards já recebeu mais de 1000 candidaturas e reconheceu mais de 60 projetos. O GPA pretende ainda este ano chegar a Angola e Moçambique.

Deixar uma resposta

Patrocinadores

css.php