Hábitos saudáveis compensam danos de stress no trabalho

Hoje em dia é quase impossível escapar ao stress no trabalho. Mas ficou agora provado que os seus danos podem ser compensados por um estilo de vida saudável, que inclua a prática de exercício físico e uma correcta alimentação – para além de não fumar.

O stress aumenta o risco de vir a sofrer de doenças cardíacas. Mas as formas de minimizar esses estragos já foram detectadas, através de um estudo realizado pela University College London que avaliou mais de 100 mil pessoas de diversos países da Europa, durante 10 anos.

Concretamente, foram 102.128 os participantes no estudo, com idades compreendidas entre os 17 e os 70 anos. Os factores de risco analisados nos estilos de vida foram: tabagismo, consumo de álcool, sedentarismo e obesidade. As pessoas foram classificadas da seguinte forma: se seguiam um estilo de vida saudável (nenhum factor de risco), pouco saudável (um factor de risco) ou não saudável (mais de dois factores de risco). De acordo com a pesquisa, 12% dos participantes afirmavam sofrer stress no trabalho.

Ao longo dos 10 anos, a taxa de doença arterial coronariana entre os voluntários foi de 18,4 casos a cada mil pessoas que sofriam de stress no trabalho e de 14,7 casos a cada mil que não sofriam do problema.

A prevalência de doenças cardíacas, em geral, também foi maior em quem afirmou sofrer de stress – 31 casos por mil indivíduos. Por outro lado, entre aqueles que não se stressavam no trabalho essa taxa foi de apenas 12 em mil.

Tendo em conta apenas quem sofria de stress laboral e tinha um estilo de vida saudável, apenas 15 a cada mil pessoas apresentaram doenças cardíacas. Entre os que tinham um estilo de vida não saudável, o índice foi de 31,2 a cada mil.

“Estes dados sugerem que um estilo de vida saudável pode reduzir substancialmente o risco de doença cardíaca entre as pessoas com tensão do trabalho”, concluíram os pesquisadores, de acordo com a Veja.

Portanto, se está numa situação de tensão no trabalho e não tem como fugir a isso, já sabe as precauções que tem a tomar para salvaguardar a sua saúde.

Notícias relacionadas
Comentários
Loading...