Hungria vai investir €95 milhões em ciclovias

Depois do anúncio da Noruega de um investimento de quase mil milhões de euros em ciclovias, a Hungria segue agora o mesmo caminho ao aplicar cerca de €95 milhões na construção e requalificação de fixas de rodagem para bicicletas pelo país.

A mobilidade sustentável está a ser encarada como uma prioridade por vários países europeus, dispostos a grandes investimentos para tornar as cidades mais amigas das bicicletas. Querem também tornar o projecto mais ambicioso ao apostar num conceito de mobilidade sustentável aliado ao turismo, com ciclovias a fazer a ligação entre países vizinhos.

É o caso da EuroVelo6, um caminho com 1300kms que liga o Oceano Atlântico ao Mar Negro, e da EuroVelo 11 entre a Noruega e a Grécia, ciclovias que aproximam a Europa. Requalificar as vias já construídas e construir outras tantas é o objectivo do projecto, numa utilização que se quer diária para os moradores da zona e memorável para os turistas que por lá passam.

Aquando o anúncio da nova medida para uma melhor mobilidade na Hungria o comissário para a mobilidade do país, Máriusz Révész, divulgou uma renovação completa da sinalização das ciclovias locais. A criação de um Centro Nacional para a Coodernação do EuroVelo (NECC) para o país está igualmente nos planos, para coordenar e assegurar a implementação, operação e garantia de qualidade da EuroVelo.

Foto: Chistyam de Lima /Creative Commons

Notícias relacionadas
Comentários
Loading...