In Arboriam, a floresta virtual da Servilusa com cerca de 4000 árvores reais plantadas este ano para homenagear os falecidos



A poucos dias de terminar 2020, a iniciativa In Arboriam aproxima-se do seu objetivo inicial, que prevê a plantação de 4 000 árvores, pela Servilusa, até final do ano.

Um projeto pioneiro no setor funerário, com desafio da Servilusa a todos que se queiram associar, amigos ou familiares do falecido, que podem igualmente oferecer árvores para a floresta udiana e cuja evolução pode ser acompanhada on-line, ao minuto, aqui.

Entre setembro e 18 de dezembro, já foram plantadas mais de 3 800 árvores de homenagem aos falecidos, gerando com isso mais de 157 toneladas de compensação de CO2, na atmosfera, que representa igualmente um reforço da Servilusa no seu compromisso de apoio às famílias e em defesa do meio ambiente.

O projeto In Arboriam, desenvolvido pela Servilusa em Portugal, em parceria com a Tree-Nation, uma ONG que se dedica ao reflorestamento do planeta, arrancou em setembro e tem como finalidade plantar uma árvore física por cada serviço funerário realizado, como forma de homenagem aos falecidos e também em benefício das gerações presentes e futuras.

Esta iniciativa da Servilusa visa aproximar as famílias das suas memórias e raízes, contribuindo assim para a gestão do luto de amigos e familiares. Promovendo uma grande floresta udiana (*), de homenagem aos defuntos e à sua memória, torna-se igualmente uma ação de impacto positivo no ambiente, à escala global, como aposta na redução da pegada de carbono da empresa, esperando plantar mais de 50 mil árvores nos próximos anos.

Recordamos que na primeira fase desta colaboração, as plantações no âmbito da iniciativa serão realizadas a nível internacional. Numa segunda fase, Portugal será também cenário para plantação de árvores de homenagem aos falecidos, com um impacto socio ambiental local.

(*) Udiana é um lugar virtual que reúne todas as árvores de tributo em memória de uma pessoa



Notícias relacionadas

Comentários estão fechados.