Inaugurada uma nova rota junto à Oliveira do Mouchão, uma árvore com mais de 3000 anos

A Oliveira do Mouchão é uma árvore milenar situada em Mouriscas, Abrantes, com mais de 3350 anos de existência. Foi lá que, foi inaugurada a Grande Rota das Ribeiras de Arcês e Rio Frio, e do Rio Tejo (GR 55), um percurso com 50 quilómetros no total. A Rota “atravessa várias aldeias e pontos de interesse cultural e natural dos concelhos de Abrantes, Sardoal e Mação.”

O percurso divide-se em tês etapas, com diferentes níveis de dificuldade, que podem ser feitos por quem não quiser ou puder fazer a rota inteira.

O primeiro começa em Mouriscas, e vai até à Zona de Lazer da Lapa, onde se localiza a Capela da Senhora da Lapa. São no total 21,5 quilómetros e 6 horas de caminho.

O segundo parte da Lapa até à aldeia da Queixoperra, são duas horas e meia de percurso num total de 9,5 quilómetros. Este é a caminhada classificada como mais fácil, tendo um nível fácil de dificuldade (nível 2).

O último percurso parte da Queixoperra de volta às Mouriscas, e esperam-se 5 horas de caminho em perto de 20 quilómetros.

A Grande Rota 55 desafia os mais corajosos e aventureiros a percorrer 50 quilómetros durante 13 horas, mas a recompensa é certa: Além de fazer exercício, e respirar ar puro pelo caminho, passa por diversos pontos de interesse que vale muito a pena visitar. Entre tantos destacam-se a própria Oliveira do Mouchão, a Capela de Nossa Senhora da Guia, a Anta da Foz do Rio Frio, e várias pontes medievais, moinhos, azenhas e poços naturais.

 

Notícias relacionadas
Comentários
Loading...