Incêndio destrói floresta que inspirou o criador de Winnie the Pooh

Um incêndio provocado pelo fogão de um campista devastou a floresta de Ashdown, em East Sussex, Inglaterra, o local que inspirou o escritor Alan Alexander Milne a criar o Bosque dos 100 Acres, onde vive Winnie the Pooh.

O sinistro começou quando um pedaço de erva pegou fogo, através do forno – as chamas atingiram os nove metros de altura e destruíram 6,4 hectares de floresta, o equivalente a nove estádios de futebol. O incêndio destruiu todo o bosque e a vida selvagem que nele vivia.

“Um cidadão decidiu cozinhar o seu almoço no seu fogão de campismo, um pedaço de erva pegou fogo e houve uma explosão”, explicou Michael Payne, guarda-florestal. “Começou tudo a arder numa zona densa de arbustos, o que tornou o combate ao fogo muito difícil”.

Segundo Payne, que aconselhou os cidadãos a não cozinharem na floresta – é proibido, aliás –, centenas de répteis, insectos, aves e borboletas morreram com a explosão. O terreno ardido deverá demorar dez anos até voltar a crescer.

O incêndio foi combatido por bombeiros de nove corporações, durante oito horas. A água foi disponibilizada pelo bar Crow and Gate, situado perto do local.

A tragédia de Ashdown é um aviso para o que poderá acontecer este Verão, em Portugal, se as temperaturas continuarem altas – e, para prevenir estas situações, todo o cuidado é pouco.

[nggallery id=1929 template=greensavers]

Notícias relacionadas
Comentários
Loading...