Índia recebe pela primeira vez Dia Mundial do Ambiente

O Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (PNUMA) anunciou que a Índia irá receber este ano, pela primeira vez, o Dia Mundial do Ambiente. O evento está marcado para o próximo dia 5 de Junho.

A Índia, uma das economias que mais tem crescido nos últimos anos e que está no meio de uma transição para uma economia verde, tem actualmente 1,2 mil milhões de habitantes e um dos mais complexos desafios no que toca à sustentabilidade urbana e manutenção da biodiversidade.

Assim, a edição deste ano do Dia Mundial do Ambiente terá como tema as florestas e tentará destacar a ligação intrínseca entre uma melhor qualidade de vida e a saúde das florestas e dos ecossistemas.

“As pressões sócio-económicas sobre a Índia e as suas florestas são tremendas, mas o Governo indiano encontrou soluções, tendo instituído um sistema de plantação de árvores para combater a degradação do solo e desertificação, incluindo corta-ventos para proteger os terrenos agrícolas ”, explica o PNUMA em comunicado.

“Ao conservar os seus ecossistemas mais importantes, a Índia introduziu, com sucesso, projectos que acompanham a saúde das plantas, animais, água e outros recursos naturais do País, incluindo a floresta Sundarbans e o tigre [na foto], uma das mais icónicas espécies de vida selvagem indiana”, explicou o PNUMA.

Leia o resto dos argumentos para a escolha da Índia como anfitriã do Dia Mundial do Ambiente neste link.

“Nos quase 40 anos de história do Dia Mundial do Ambiente, as cidades e comunidades indianas estiveram entre as mais activas, com uma miríade de eventos lançados em todo o País, todos os anos – por isso parece-nos correcto que esta economia em tão rápido desenvolvimento receba [o Dia Mundial do Ambiente] em 2011”, explicou o director executivo do PNUMA, Achim Steiner.

“ A Índia é famosa pela sua cultura, arte, filmes e TI (Tecnoilogias de Informação) imbatíveis em todo o mundo. E está cada vez mais na liderança de algumas das [maiores tendências de economia verde] que estão e emergir em todo o mundo”, continuou o responsável.

Notícias relacionadas
Comentários
Loading...