A Tesla apresentou ontem, finalmente, o mais aguardado automóvel do ano. O 3 será o seu modelo mais acessível e responsável pela marca quintuplicar  o número de vendas.

Até agora, a Tesla vendia 100 mil veículos por ano ano, nos modelos S e X, mas do 3 já tem 400 000 mil encomendas, que deverão ser entregues mais ou menos no espaço de um ano.

Uma das grandes novidades foi a apresentação de duas versões diferentes do modelo, uma “normal” com 350 km de autonomia, proposta por 35 mil dólares (cerca de 29 mil euros) e uma versão Long Range, com 500 Km, por 44 mil dólares. Claro que os preços em Portugal, mesmo com os incentivos, não serão uma mera questão cambial.

A outra grande novidade é a velocidade atingida: 210 km/h de velocidade máxima e uma aceleração dos 0 aos 100 Km/h em 6 segundos, valores absolutamente impressionantes nesta gama de preços, independentemente da combustão do motor.  

Foi também a primeira oportunidade para espreitar dentro do modelo, onde ressalta um tablier minimalista, praticamente sem distracções e não contarmos com o enorme ecrã onde estão concentradas todas as informações.

Mais uma marca da diferença de um automóvel que fará muito na mudança para o eléctrico.

Deixar uma resposta