Jornal inglês chama “refugiados do Euro” a emigrantes portugueses

“Milhares de refugiados do euro trocam Espanha, Grécia e Portugal pelo Reino Unido”. É este é o título da notícia do Daily Mail, que chama a atenção para o drástico aumento de cidadãos da Europa do Sul a procurarem a sua sorte, no Reino Unido, nos últimos meses.

Segundo o jornal britânico, que se baseia em números do Instituto de Estatísticas Nacionis (ONS), os espanhóis lideraram a estatística de registos entre Março de 2012 e Março de 2013, com 45.530 (mais 50% que no período homólogo). Segue-se a Grécia, com 8.680 (+44%), Portugal (24.550 e +43%), Hungria (24.670, +36%) e Itália (32.800, +35%).

O Daily Mail refere que o Governo britânico tem feito “grandes esforços” para reduzir o fluxo de emigrantes que chegam todos os anos ao País, mas a crise europeia impediu o sucesso das medidas tomadas.

Na verdade, este fluxo foi estancado no que toca aos emigrantes que chegam de outros continentes, mas os migrantes da União Europeia, especialmente vindos da Europa do Sul, não param de chegar.

Recorde-se, porém, que é o próprio Governo britânico e autoridades urbanas que têm chamado muitos portugueses para áreas onde há falta de profissionais, como enfermagem ou engenharia.

Em sinal oposto, tanto os franceses como britânicos reduziram a entrada em território britânico por razões laborais e permanentes.

Notícias relacionadas
Comentários
Loading...