José Maria da Fonseca renova certificação de sustentabilidade FAIR’N GREEN



A José Maria da Fonseca acaba de renovar a certificação de sustentabilidade FAIR’N GREEN, a qual abrange à data todos os vinhos produzidos no Centro de Vinificação Fernando Soares Franco, em Azeitão, desde a colheita de 2022 inclusive, divulgou em comunicado.

Segundo a mesma fonte, iniciada com produtores de vinho alemães em 2013, esta certificação já foi atribuída a mais de 150 empresas em 10 países, sendo a José Maria da Fonseca o único produtor português com este reconhecimento.

“É motivo de orgulho, para a nossa empresa, ser reconhecida por esta entidade externa e que avalia mais de 150 produtores de vinho. Temos vindo a fazer um excelente trabalho nas áreas de sustentabilidade, de forma a garantir que o nosso negócio perdura durante muitas mais gerações, respeitando sempre o ambiente e a sociedade em que nos inserimos, sem esquecer também a vertente económica”, refere António Maria Soares Franco, Co-CEO com o pelouro Comercial e Marketing.

A certificação FAIR’N GREEN permite às empresas viticultoras medir e verificar o cumprimento e evolução dos objetivos de sustentabilidade, como por exemplo a redução do consumo energético e das emissões de CO2, redução do consumo de água, aumento da biodiversidade, compromisso social, entre outros. No processo de avaliação, as empresas são analisadas em cerca de 200 critérios, e após a auditoria anual, é elaborado um plano de melhoria contínua que vai auxiliar os produtores no caminho da sustentabilidade holística.

Ao longo dos anos a demonstrar uma crescente preocupação face aos fatores ambientais, a José Maria da Fonseca utiliza as melhores práticas no tratamento da vinha, na gestão dos recursos naturais, na sua preservação e conservação, tendo sido a primeira empresa certificada no sector viticultor com as normas ambientais ISO 14001. Na área da Segurança Alimentar, a José Maria da Fonseca renovou a Certificação de Segurança Alimentar IFS Food com classificação máxima (higher level) de 97,09% e a Certificação de Segurança Alimentar BRCGS Food com classificação máxima AA+.

No que diz respeito à redução de consumos de água, com objetivos e metas anuais, a José Maria da Fonseca adoptou há vários anos diversas práticas e políticas sustentáveis, incluindo o tratamento e reutilização de todas as suas águas residuais. A empresa não faz descargas da sua Estação de Tratamento de Águas Residuais (ETAR) no meio hídrico desde 2007.

Mais recentemente, a José Maria da Fonseca apostou na instalação de um sistema solar fotovoltaico para autoconsumo, na Quinta da Bassaqueira, em Vila Nogueira de Azeitão, que permite a poupança energética de 38%. Este sistema também evita a emissão de 250 toneladas de CO2 por ano, que equivalem a 55 hectares de floresta ou à retirada de 139 carros da estrada por ano.





Notícias relacionadas



Comentários
Loading...
viagra before and after photos what to expect when husband takes viagra