Exportações da Lenovo para Frankfurt passam a ser livres de CO2



O fornecedor global de tecnologia hardware Lenovo acaba de juntar-se à DB Schenker e à Lufthansa Cargo para tornar as suas exportações aéreas neutras em carbono. A partir de agora, passará a transportar 20 toneladas de carga por semana – desde computadores portáteis a PCs – de Xangai (PVG) para Frankfurt (FRA), a bordo da ligação charter movida a combustível de aviação sustentável (SAF).

O SAF é produzido a partir de resíduos renováveis e matérias-primas residuais, tais como óleos alimentares usados.

Esta mudança vai permitir a poupança de cerca de 20 toneladas de querosene convencional por voo e, assim, 62 toneladas de gases com efeito de estufa (GEE) por semana. Além disso, as cerca de 16 toneladas de CO2e resultantes da produção e transporte do SAF são compensadas por medidas compensatórias.

“A sustentabilidade é fundamental para o nosso negócio e para a missão de fornecer tecnologia mais inteligente para todos.”, afirmou Gareth Davies, Head of Global Logistics na Lenovo “Para todas as empresas e indivíduos, adotar programas que melhorem a sustentabilidade é incrivelmente importante e estamos muito satisfeitos com esta nova parceria”.

Thorsten Meincke, Global Board Member for Air & Ocean Freight na DB Schenker, referiu que “A Lenovo é um cliente importante para esta iniciativa de mudança de paradigma e um exemplo de como os expedidores estão ansiosos por uma mudança real no sentido de transportes mais ecológicos. Esperamos ver mais empresas que gostariam de dar prioridade à descarbonização das suas cadeias de abastecimento juntar-se a nós”.



Notícias relacionadas

Comentários estão fechados.