Lisboa vai plantar 100 árvores para homenagear os portugueses enviados para a Primeira Guerra

Entre 2014 e 2018 comemora-se o centenário da Primeira Guerra Mundial (1914 – 1918). Em vez de erguer novas estátuas e afixar mais placas evocativas, três associações juntaram-se para homenagear os soldados nacionais enviados para a I Guerra Mundial de uma forma diferente. A homenagem passará então pela plantação de 100 árvores, uma por cada milhar de portugueses enviados para o conflito, cerca de 100.000.

Cem Anos, Cem Árvores” é o nome da iniciativa organizada pela Associação Lisboa Verde, com o apoio da Associação Portuguesa dos Arquitectos Paisagistas e da Liga dos Amigos do Jardim Botânico de Lisboa. A plantação das árvores decorre entre 2014 e 2018, anos em que se comemora o centenário do conflito. O objectivo é recordar os soldados, mas também os cidadãos anónimos e enfermeiras que arriscaram a vida na I Guerra.

A primeira árvore plantada foi uma oliveira, a 11 de Novembro de 2014, na Embaixada de França, um dos países que foi palco do conflito, no qual morreram cerca de dez milhões de pessoas entre Julho de 1914 e Novembro de 1918. A segunda árvore, um loureiro, foi plantada a 16 de Dezembro no jardim do Instituto Goethe, pelo embaixador da Alemanha. A terceira árvore foi plantada na última sexta-feira, 17 Abril, na residência da embaixadora britânica Kirsty Hayes.

O objectivo é plantar árvores em espaços privados, como embaixadas, mas também públicos, como jardins, cemitérios ou ruas cuja toponímia esteja associada ao conflito e sempre que possível em datas simbólicas. A próxima plantação vai ocorrer a 21 de Abril no Jardim Fernando Pessoa, ao lado do edifício da Assembleia Municipal de Lisboa.

Entre alguns dos locais já escolhidos para receber as árvores destacam-se a Rua das Enfermeiras da Grande Guerra, Rua do Triângulo Vermelho, Rua de Angola, Rua de Moçambique, Praça das Novas Nações, Cemitério dos Prazeres e do Alto de São João e Jardim 9 de Abril.

Foto: 10b travelling / Creative Commons

Notícias relacionadas
Comentários
Loading...