Conhecido como um estado onde o sol brilha todos os dias, as temperaturas são sempre amenas e as praias magníficas, a Califórnia foi um paraíso para os seus habitantes até lá chegarem as tecnológicas. Silicon Valley fez disparar o custo de vida de tal forma que a população reagiu, criando… hortas biológicas.

Foi uma espécie de ovo de Colombo. As hortas comunitárias, impulsionadas por organizações que nasceram desta necessidade de reagir à alta do custo de vida provocada pela invasão das tecnológicas, tornaram possível o acesso a alimentos de custo mais acessível e permitiram o reforço dos laços entre a comunidade.

Na praia de Venice, foi isto que aconteceu. Perante a passividade dos poderes públicos, a sociedade civil organizou-se e nasceu a Community Healing Gardens, uma ONG que converte terrenos públicos baldios em pequenas hortas comunitárias.

Nada disto é clandestino. O desenvolvimento deste projecto foi autorizado pelas autoridades e recebeu a adesão da comunidade, que não só obtém uma considerável poupança no consumo de alimentos, como colhe benefícios de uma alimentação saudável e do reforço dos laços de vizinhança, ao participar conjuntamente no cultivo de produtos hortícolas.

Foto: