Madrid vai aprovar uma das leis anti-poluição mais rigorosas do mundo

A capital espanhola, Madrid, prepara-se para aprovar uma lei anti-poluição mais rígidas do mundo, que levará a que metade dos carros da capital sejam proibidos de circular quando os níveis de poluição subam a um determinado limite. Quando tal acontecer, noticia o City Lab, as vias rápidas da cidade terão limites de velocidade menores e os transportes públicos serão completamente gratuitos nesse dia.

A lei pode ser rigorosa, mas Madrid é uma das cidades mais congestionadas e poluídas da Europa e, até agora, pouco tem sido feito para alterar esta situação: alguns carros foram proibidos de circular em áreas históricas da baixa, mas a medida é contemporânea da redução dos subsídios estatais às operadoras de transportes públicos.

Segundo o City Labs, há anos que a União Europeia tem pressionado a cidade espanhola para combater a poluição, mas só agora existe uma verdadeira resposta. Em Março, uma lei já previa a proibição da circulação automóvel mediante um aumento de partículas de óxido nitroso superior a 200 microgramas por metro cúbico em dois dias consecutivos. Mas este limite é tão descabido que tal nunca aconteceu.

Agora, basta que os níveis de óxido nitroso superem os 180 microgramas por metro cúbico durante duas horas para o limite de velocidade nas vias rápidas madridistas seja reduzido para 70 km/h. Se este nível continuar para o dia seguinte, os carros que venham de fora da cidade ficarão proibidos de estacionar dentro da capital.

Se os níveis chegarem aos 200 microgramas em alguma fase do dia, começará a restrição à circulação automóvel e os transportes públicos ficarão gratuitos. Caso os níveis cheguem aos 400 microgramas, algo que nunca aconteceu na cidade, as restrições aplicar-se-ão a toda a cidade. Já imaginou Madrid sem carros?

Foto: Grey World / Creative Commons

Notícias relacionadas
Comentários
Loading...