Maior vulcão da Islândia pode entrar em erupção (com FOTOS)

Lembra-se dos prejuízos criados na indústria da aviação, em 2010, quando o vulcão islandês Eyjafjallajokull entrou em erupção? De acordo com o Instituto de Meteorologia da Islândia, o risco de existir outra erupção a curto prazo, naquele país, está iminente – o nível de alerta está agora na cor laranja, a segunda mais alta em cinco possíveis.

Este alerta tem como pano de fundo a recente intensa actividade sísmica debaixo do vulcão Barbarbunga, detectada ontem. Com uma magnitude de 4.5, esta actividade sísmica foi a mais alta detectada na região desde 1996. O Barbarbunga, de resto, é o maior vulcão islandês.

“Actualmente não existem sinais de erupção, mas não podemos excluir que a actividade [sísmica] actual vá resultar numa erupção explosiva subglacial, que levará a inundações e emissão de cinza”, explicou a entidade meteorológica islandesa.

O Bardarbunga, que se localiza debaixo do glaciar Vatnajokull, a cerca de 2.000 metros acima do nível do mar, entrou em erupção pela última vez em 1910. Os cientistas prevêem dois cenários: uma explosão fora do glaciar, que levará à emissão de pequenas cinzas para zonas locais; e uma erupção dentro do glaciar, o que originaria problemas graves para as viagens aéreas – muitas delas teriam de ser canceladas.

Em 2010, quando o Eyjafjallajokull entrou em erupção, mais de 100 mil vôos foram cancelados em seis dias, o que levou a um prejuízo de €900 milhões, de acordo com estimativas da Business Week.

Recorde algumas das fotos mais dramáticas do Eyjafjallajokull, datadas de Abril de 2010.

[nggallery id=841 template=greensavers]

Notícias relacionadas
Comentários
Loading...